A INOVAÇÃO DAS NAÇÕES: UMA ANÁLISE SOB O VIÉS DA CULTURA NACIONAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v14i3.5522

Resumo

A inovação é um dos principais fatores fomentadores do desenvolvimento econômico e social, tornando uma condição para que as nações prosperem em um contexto dinâmico e global. Portanto, saber quais fatores culturais implicam em um melhor desempenho de inovação faz-se relevante. Assim, o objetivo que norteou esta pesquisa foi verificar a influência da cultura nacional sobre a inovação das nações. Para tal, utilizaram-se como procedimentos metodológicos a abordagem quantitativa com o uso da técnica descritiva e documental. O tratamento e análise dos dados foi realizado por meio da regressão linear múltipla. Para atender ao objetivo, o estudo embasou-se nos dados mais recentes dos sites de Hofstede INSIGHTS, que disponibiliza indicadores de cultura nacional os scores de inovação do The global Innovation Index, que apresentam dados de 66 países. Concluiu-se, a partir da análise dos resultados encontrados, que as hipóteses de que a distância do poder influencia negativamente a inovação dos países, devido à ausência da interação social em diferentes níveis hierárquicos, foi confirmada. Verificou-se também que, quanto maior o nível da cultura nacional do individualismo, maior é a capacidade de inovação da nação. Além disso, confirmou-se a hipótese de que a cultura nacional de incerteza diminui a capacidade de inovação da nação. Por outro lado, foram negadas as hipóteses de que quanto menor o índice de masculinidade maior seria a capacidade de inovação da nação, e que países com orientação de longo prazo e mais indulgentes teriam maior capacidade de inovação.

Biografia do Autor

Jandir Tambosi Junior, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Mestre em Administração, Especialista em Gestão de Projetos e Graduado em Sistemas de Informação. Pesquisador nas áreas de Cultura Organizacional e Inovação.

Silvana Silva Vieira Tambosi, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutoranda em Ciências Contábeis e Administração (FURB) pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis da Universidade Regional de Blumenau (PPGCC/FURB). Pesquisador nas áreas de Cultura Organizacional, Capacidade Absortiva e Inovação.

Christian Daniel Falaster, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutor em Administração e Professor do Programa de Mestrado de Administração da Universidade Regional de Blumenau (PPGAD/FURB).

Publicado

2021-07-28