DO HIPPIE AO CHIQUE: OS SIGNOS PRESENTES NO CONSUMO DE CESTAS DE ALIMENTOS ORGÂNICOS

Autores

  • Isabel Sarkis Onofre Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Larissa Ferreira Tavares Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Juliano Luiz Fossá
  • Marcio Silva Rodrigues Universidade Federal de Pelotas http://orcid.org/0000-0002-8810-7077

DOI:

https://doi.org/10.24021/raac.v20i1.7101

Palavras-chave:

Empresarização. Consumo. Alimentos orgânicos.

Resumo

Partindo da ideia que o mundo que se vive é organizado por e para as empresas e que a chamada empresarização do mundo vem impactando as relações de consumo do indivíduo e as modificando, o objetivo deste estudo é analisar os signos presentes no consumo de cestas alimentos orgânicos com entrega/delivery na cidade de Pelotas/RS. Para tanto, foram analisadas duas empresas que comercializam cestas de alimentos orgânicos com o serviço de entrega/delivery e, além disso, foram entrevistados seis clientes/consumidores dessas organizações, com o intuito de evidenciar os signos da oferta e da demanda. Os resultados da pesquisa sinalizam que mais do que interessados que nutrir o corpo e alimentar-se, estes consumidores, segundo os dados levantados, estão em busca justamente dos signos comercializados pelas empresas, que são: diferenciação; escassez; saúde e bem-estar; cuidado e autocuidado; carinho e afeto; consciência ambiental; mudança; confiança e procedência; apelo visual; conforto; felicidade; e o tempo de vida que, ao que parece, é o mais importante dos signos identificados. 

Biografia do Autor

Marcio Silva Rodrigues, Universidade Federal de Pelotas

Professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia, do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindrustriais, do Mestrado em Administração Pública e Curso do Bacharelado em Administração da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Líder do Núcleo de Estudos Marcelo Milano Falcão Vieira (NeMaVi) e membro do Observatório da Realidade Organizacional (UFSC). 

Publicado

2022-12-01

Edição

Seção

Artigos