Caminhos pré-coloniais no litoral norte, Torres-RS

Autores

  • Jocyane Baretta Arqueotri Consultoria em Arqueologia
  • Marcelo Lazzarotti Arqueotri Consultoria em Arqueologia
  • Clóvis Leandro Schmitz Arqueotri Consultoria em Arqueologia

DOI:

https://doi.org/10.22562/2022.57.01

Palavras-chave:

Guaranis, Arqueologia, Litoral norte gaúcho

Resumo

O presente texto tem como objetivo a elaboração de um exercício reflexivo pautado em dados arqueológicos preliminares resultante do trabalho de pesquisa vinculado a um processo de licenciamento ambiental de um empreendimento em Torres/RS. Na ocasião foi localizado um sítio cerâmico Guarani, nas proximidades da Estrada dos Limoeiros, que foi denominado sítio RS-LN: 23. Nosso objetivo é compreender os padrões de ocupação de populações ceramistas conhecidos pela bibliografia arqueológica entrecruzando aos dados historiográficos mostrando a possibilidade de uso como caminho de tropas pelos colonizadores, das vias abertas e utilizadas por grupos indígenas que anteriormente ocupavam a região. Para tanto, buscamos abordar aspectos que viabilizem a construção de uma história indígena que perpassa, inicialmente, pelo apontamento de elementos normativos responsável por apagamentos historicamente enraizados nas narrativas regionais produzidas sobre os primórdios do período colonial, no litoral norte do Rio Grande do Sul.

Biografia do Autor

Jocyane Baretta, Arqueotri Consultoria em Arqueologia

Doutora em Arqueologia pela UFPEL, arqueóloga da Arqueotri Consultoria em Arqueologia.

Marcelo Lazzarotti, Arqueotri Consultoria em Arqueologia

Mestre em História pela PUCRS, arqueólogo da Arqueotri Consultoria em Arqueologia.

Clóvis Leandro Schmitz, Arqueotri Consultoria em Arqueologia

Mestrando em Arqueologia UFPEL, arqueólogo da Arqueotri Consultoria em Arqueologia.

Publicado

2022-12-20