OS DESAFIOS PARA TORNAR UMA EMPRESA SUSTENTÁVEL: CASO PARA ENSINO

Autores

  • Moema Pereira Nunes Universidade Feevale
  • Camila Fagundes Universidade Feevale
  • Bruna Haubert Universidade Feevale
  • Dusan Schreiber Universidade Feevale

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v16i1.6694

Palavras-chave:

Sustentabilidade. Celulose. Gestão Ambiental.

Resumo

O presente caso de ensino apresenta a empresa Alpha, subsidiária de um grupo multinacional de celulose localizado no Brasil. O caso de ensino retrata o momento em que um grupo de universitários faz uma visita à empresa. Durante a visita, os gestores da empresa apresentam as ações que a empresa tem desenvolvido localmente para garantir a sustentabilidade, bem como para atender às exigências internacionais, visto que 90% de sua produção é destinada ao mercado externo. Durante a visita, os alunos questionam aos gestores sobre as ações desenvolvidas pela empresa. O caso apresenta como questão central as dificuldades para garantir a manutenção da sustentabilidade. A partir deste contexto se propõe uma discussão para identificar essas dificuldades e possíveis estratégias de soluções. É facultada a recomendação da utilização deste caso de ensino em cursos que abordem sustentabilidade e gestão ambiental no contexto internacional.

Biografia do Autor

Moema Pereira Nunes, Universidade Feevale

Doutora em Administração

Camila Fagundes, Universidade Feevale

Doutoranda em Qualidade Ambiental.

Bruna Haubert, Universidade Feevale

Doutoranda em Qualidade Ambiental

Dusan Schreiber, Universidade Feevale

Doutor em Administração

Referências

Barbieri, J. C., Vasconcelos, I. F. G., Andreassi, T., & Vasconcelos, F. C. (2010). Inovação e sustentabilidade: novos modelos e proposições. Revista de Administração de Empresas, 50(2), 146-154. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-75902010000200002

De Luca, M. M. M., Cardoso, V. I. C., Vasconcelos, A. C., & Pontes, A. B. (2014). Análise da produção científica referente à temática de sustentabilidade em pesquisas da Administração. Administração: Ensino e Pesquisa, 15(3), 469-500.

Elkington, J. (2012). Sustentabilidade – Canibais com garfo e faca. São Paulo: M. Books do Brasil.

Freitas, J. (2019). Sustentabilidade: Direito ao futuro. 4. ed. Belo Horizonte: Fórum.

Froehlich, C. & Bitencourt, C. (2015). Sustentabilidade Empresarial: um estudo de caso no Hospital Mãe de Deus. Sustentabilidade em Debate, 6(3), 116-130. https://doi.org/10.18472/SustDeb.v6n3.2015.15196

FSC - Forest Stewardship Council. https://br.fsc.org/pt-br

Giddens, A. (2010). A política da mudança climática. Rio de Janeiro: Zahar Editora.

Kinderyte, L. (2010). Methodology of sustainability indicators determination for enterprise assessment. Environmental Research, Engineering and Management, 52(2), 25-31.

Kuzma, E. L., Doliveira, S. L. D., & Silva, A. Q. (2017). Competências para a sustentabilidade organizacional: uma revisão sistemática. Cadernos EBAPE, 15(Especial), 428-444.

Martão, M. A. S. & Demajorovic, J. (2019). Universidades Corporativas e o Ensino para a Sustentabilidade. Administração: Ensino e Pesquisa, 20(3), 754-795. https://doi.org/10.13058/raep.2019.v20n3.1636

Martins, E. S., Rossetto, C. R., Rossetto, A.M., & Ferreira, E. (2010). Estudo da sustentabilidade empresarial: o caso de uma cooperativa gaúcha. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 8(3), 457-482.

Munck, L. & Souza, R. B. (2009). Responsabilidade social empresarial e sustentabilidade organizacional: a hierarquização de caminhos estratégicos para o desenvolvimento sustentável. Revista Brasileira de Estratégia, 2(2), 185-202.

ODS Brasil – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. https://odsbrasil.gov.br/

Palus, H & Kaputa, V. (2009). Survey of attitudes towards forest and chain of custody certification in the Slovak Republic. Drewno-Wood, 52(182), 65–81.

Peixoto, F. M., Pains, M.B., Araújo, A.A., & Guimarães, T.M. (2016). Custo de capital, endividamento e sustentabilidade empresarial: um estudo no mercado de capitais brasileiro no período de 2009 a 2013. RACE: Revista De Administração, Contabilidade e Economia, 15(1), 39-66.

Savitz, A. W. & Weber, K. (2007). A empresa sustentável: o verdadeiro sucesso é o lucro com responsabilidade social e ambiental. Rio de Janeiro: Elsevier.

Sachs, I. (2002). Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond.

Trindade, N. R., Trevisan, M., Lima, E. S, & Favarin, R. R. (2019). Educando para o desenvolvimento sustentável por meio da interdisciplinaridade: contribuições da aprendizagem experiencial no ensino de gestão. Administração: Ensino e Pesquisa, 20(3), 673-713. https://doi.org/10.13058/raep.2019.v20n3.1463

Publicado

2023-01-25

Edição

Seção

Casos para Ensino