ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS E DESAFIOS DO DOCENTE-GESTOR EM UMA IFES: UM ESTUDO NA UFERSA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v15i3.6941

Palavras-chave:

Docentes-Gestores. Caracterização e Desafios do Docente-Gestor. Gestão Universitária.

Resumo

Objetivo: O objetivo deste artigo é analisar as competências gerenciais associadas ao papel do docente gestor nas IFES, em especial na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).

Método / abordagem: Foi utilizada uma abordagem qualitativa e exploratória. Foram realizadas entrevistas com docentes-gestores, utilizando um roteiro semiestruturado. A análise de dados se deu pelo uso da técnica de análise de conteúdo e o software Atlas TI.

Principais resultados: Os resultados demonstram que os docentes da UFERSA assumem os cargos de gestão sem receber treinamento prévio. A busca por treinamento é suscitada mais por necessidade pessoal do que incentivo formal ou institucional. Identificou-se que, por vezes, o docente tem de preterir tarefas cotidianas e focar nas atribuições de gestor. Constatou-se que docentes-gestores desempenham o papel de forma empírica, por meio de interação com outros grupos e adaptação de experiências prévias.

Contribuições metodológicas / sociais / gerenciais: Foi constatado que os docentes-gestores desconhecem normativas que delineiem sua atuação dentro das Instituições de Ensino Superior. Nesse contexto, destacaram a importância em desenvolver competências interpessoais como forma de compensar tal carência. Desse modo, a interação com grupos sociais foi considerada como essencial para a gestão de qualidade.

 Originalidade / relevância: O artigo contribui com a discussão sobre o papel do docente-gestor ao caracterizar o papel do docente-gestor na UFERSA e quais as principais dificuldades encontradas pelos docentes que exercem o papel de gestor.

Biografia do Autor

Jeferson Pascoal de Morais, Universidade Federal Rural do Semiárido/Programa de Mestrado Profissional em Administração Pública

Técnico em Tecnologia da Informação - UFERSA.
Médio Técnico em Informática - IFRN.
Análise e Desenvolvimento de Sistemas - UNICESUMAR.
Mestrando em Administração Pública - UFERSA/PROFIAP.

Dhougo Amaro, Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)/Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP)

Técnico Administrativo em Educação - UFERSA.
Graduado em Administração - UFRN.
Especialista em Gestão Pública e de Pessoas pela Universidade Cândido Mendes.
Mestrando em Administração Pública - UFERSA/PROFIAP.

Napiê Galve, Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)/Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP)

Professor Adjunto III, coordenador do Mestrado Profissional em Administração Pública - PROFIAP.
Doutor em Ciências Sociais - UFRN.
Mestre em Economia - UFC.
Mestre em Políticas Públicas e Sociedade - UECE.

Referências

Barbosa, M. A. C. (2015). A influência das políticas públicas e políticas organizacionais para formação de competências gerenciais no papel do professor-gestor no ensino superior: um estudo em uma IES federal.

Barbosa, M. A. C., Carvalho, M. T. G., Cassundé, F. R. D. S. A., & de Mendonça, J. R. C. (2017). Formação de professores de ensino superior para a gestão: perspectivas e consequências. Revista de Administração FACES Journal, 16(4), 67-84.

Barbosa, M. A. C., Mendonça, J. R. C. D., & Cassundé, F. R. D. S. A. (2016). Competências Gerenciais (esperadas versus percebidas) de Professores-gestores de Instituições Federais de Ensino Superior: percepções dos professores de uma Universidade Federal. Administração: Ensino e Pesquisa, 17(3), 439-473.

Barbosa, M. A. C., Mendonça, J. R. C. D., & Cassundé, F. R. D. S. A. (2015). A Interação entre o Papel de Professor-Gestor e Competências Gerenciais: percepções dos professores de uma Universidade Federal.

Barbosa, M. A. C., Paiva, K. C. M. D., & Mendonça, J. R. C. D. (2018). Papel social e competências gerenciais do professor do ensino superior: aproximações entre os construtos e perspectivas de pesquisa. Organizações & Sociedade, 25, 100-121.

Bauer, M. W., & Gaskell, G. (2017). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Editora Vozes Limitada.

Bergue, S. T. (2014). Gestão estratégica de pessoas no setor público. EDa Atlas SA.

Campos, D. C. D. S. (2007). Competências gerenciais dos pró-reitores em uma instituição de ensino superior: um estudo de caso na Universidade Federal de Viçosa.

Cardoso, G. M. P., & Figueredo, W. N. (2013). Universidade e sociedade: o papel do professor na (re) construção do conhecimento. Revista Intersaberes, 8(15), 54-67.

Castro, D., & Tomàs, M. (2011). Development of Manager‐Academics at Institutions of Higher Education in Catalonia. Higher Education Quarterly, 65(3), 290-307.

Cervigicele, G. M., & Souza, R. D. (2013). Gestão democrática e formação de gestores no ensino superior: quais as necessidades para o exercício na coordenação de colegiado de curso? XIII Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas.

Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais-REUNI. (2007). Diário Oficial da União.

Decreto nº 94.664 de 23 de julho de 1987. Aprova o Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos de que trata a Lei nº 7.596, de 10 de abril de 1987. (1987). Diário Oficial da União.

Ésther, A. B. (2011). As competências gerenciais dos reitores de universidades federais em Minas Gerais: a visão da alta administração. Cadernos EBAPE. BR, 9, 648-667.

Ésther, A. B., & Melo, M. C. D. O. L. (2008). A construção da identidade gerencial dos gestores da alta administração de universidades federais em Minas Gerais. Cadernos EBAPE. BR, 6, 01-17.

Federal, Senado et al. 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Presidência da República.

Franco, M. E. D. P. (2001). Comunidade de conhecimento, pesquisa e formação do professor do ensino superior. Docência universitária e os desafios da realidade nacional. Brasília: Plano, 109-135.

Gil, A. C. (2009). Estudo de caso. Atlas.

Hales, C. (2005). Managerial roles. In: Cooper, C. L., Argyris, C., & Starbuck, W. H. (Eds.). The Blackwell encyclopedia of management, 2, Oxford: Blackwell Publishing.

Laville, C., & Dionne, J. (2008). A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas, 1, reimpressão. Porto Alegre: Artmed.

Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. (1961). Diário Oficial da União.

Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. (1990) Diário Oficial da União.

Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. (1996). Diário Oficial da União.

Magalhães, M. M. S., Barbosa, M. A. C., Lima, J. R. T., Cassundé, F. R. S. A. (2017). O papel do professor-gestor em uma instituição federal de ensino superior de Alagoas: um estudo na UFAL/Campus Arapiraca. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, 10(4), 327-350.

Mendonça, J. D., Paiva, K. D., Padilha, M. A., & Barbosa, M. A. C. (2012). Competências Profissionais de Professores do Ensino Superior no Brasil: proposta de um modelo integrado. Fórum da Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa.

Meyer Jr., V. (2003). Novo contexto e habilidades do administrador universitário. In: Meyer Jr., V., Murphy, J. P. (Orgs.). Dinossauros, gazelas e tigres: novas abordagens da administração universitária, 2, 173-192.

Moita, F. M. G. S. C., & Andrade, F. C. B. (2005). A indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão: o caso do estágio de docência na pós-graduação. Olhar de professor, 8(2), 77-92.

Muhr, T. (1991). ATLAS/ti—A prototype for the support of text interpretation. Qualitative sociology, 14(4), 349-371.

Pachane, G. G., & de Aguiar Pereira, E. M. (2004). A importância da formação didático-pedagógica e a construção de um novo perfil para docentes universitários. Revista Iberoamericana de Educación, 35(1), 1-13.

Pereira, A. L. C., & Silva, A. B. D. (2011). As competências gerenciais nas instituições federais de educação superior. Cadernos EBAPE. Br, 9, 627-647.

Rodrigues, A. C. D. A. L., & Villardi, B. Q. (2017). FORMAÇÃO DO DOCENTE PARA A GESTÃO UNIVERSITÁRIA: uma análise indutiva dos professores gestores da pós-graduação stricto sensu da UFRRJ. Rev. Foco, 10(2), 208-231.

Schwandt, T. A. (2014). The Sage dictionary of qualitative inquiry. Sage publications.

Silva, F. M. V., & Cunha, C. J. C. A. (2012). A transição de contribuidor individual para líder: a experiência vivida pelo professor universitário. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, 5(1), 145-171.

Silva, R. N., & Nascimento, F. S. (2018). Análise das competências gerenciais dos professores-gestores: um estudo com coordenadores de cursos de uma Instituição Federal de Ensino Superior. Anais do Encontro Nacional de Cursos de Graduação em Administração.

Sim, J., Saunders, B., Waterfield, J., & Kingstone, T. (2018). Can sample size in qualitative research be determined a priori? International Journal of Social Research Methodology, 21(5), 619-634.

Whitchurch, C. (2012). Reconstructing identities in higher education: The rise of 'third space' professionals. Routledge.

Yin, R. K. (2015). Estudo de Caso: Planejamento e métodos. Bookman editora.

Publicado

2022-10-03