Distribuição setorial do emprego formal no Sudoeste do Paraná

Autores

  • Jandir Ferrera de Lima
  • Olga da Conceição Pinto Tschá
  • Ricardo Rippel

DOI:

https://doi.org/10.46699/rce.v15i29.1639

Palavras-chave:

Fenomenologia. Muros. Segurança.

Resumo

O objetivo deste artigo foi analisar a relação entre o aumento do número de empregos e a movimentação populacional nas microrregiões do Sudoeste do estado do Paraná entre os anos de 2001 a 2007. A variável utilizada foi o emprego formal. No cômputo geral, concluiu-se que existe uma dificuldade nas microrregiões em manter a população, uma vez que as atividades econômicas destas, apesar de os dados apontarem como fonte geradora de postos de trabalhos, não são suficientes para atender a demanda existente. Os empregos estão sendo gerados e ocupados pela população local e pelas pessoas que migram da área rural para aurbana, não alterando significativamente o quadro geral da população da mesorregião Sudoeste do Paraná.

Edição

Seção

Artigos