A aglomeração produtiva da indústria calçadista de Franca segundo os empresários locais

Autores

  • Aline Correia de Sousa

DOI:

https://doi.org/10.46699/rce.v17i32.1648

Palavras-chave:

Gestão por processos, Desdobramento de processos, Qualidade Total

Resumo

Este trabalho teve como objetivo identificar o número de firmas calçadistas existentes em Franca/SP e entender os motivos que levam parte dos empreendedores locais a investirem no mesmo ramo de atividade. Para tanto, procurou-se não só entender a situação atual da indústria local e a sua significativa concentração espacial, como apresentar os resultados da pesquisa que foi feita em trinta e dois estabelecimentos do setor. Como resultado, verificou-se que metade das fábricas foi fundada entre 1995 e 2005, corroborando a hipótese de que está havendo uma intensificação da concorrência entre as firmas engendradas da abertura econômica. Por sua vez, visto que todas as microempresas e as firmas de grande porte não precisaram recorrer a crédito de terceiros para iniciarem seus negócios, e que 91% dos fabricantes deram início a suas atividades com recursos próprios, pode-se afirmar que esse setor não exige elevado montante de capital para propiciar o investimento inicial.

Edição

Seção

Artigos