PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL: A PERCEPÇÃO DOS MORADORES DE UM ASSENTAMENTO NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ/RN

Autores

  • Ana Beatriz Bernardes Oliveira Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)
  • Karla Kallyana Filgueira Félix Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)
  • Rosa Adeyse Silva Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)
  • Lilian Caporlingua Giesta Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)

DOI:

https://doi.org/10.46699/rce.v18i34.1847

Palavras-chave:

Serviços Compartilhados de RH, Centro de Serviços Compartilhados, Gestão Estratégica de Recursos Humanos, Fusões e Aquisições.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo identificar os conceitos e as práticas adotadas em relação à produção de mel de um assentamento localizado no município de Mossoró/RN, bem como identificar a percepção dos produtores a cerca do descarte dos resíduos sólidos gerados pela produção de mel. Na pesquisa de campo de natureza descritiva e qualitativa, foram realizadas entrevistas com roteiro semiestruturado com sete famílias de produtores de mel do assentamento analisado. Percebeu-se que as práticas adotadas em relação à produção de mel são consideradas sustentáveis, tendo em vista o aproveitamento e a reutilização de todo o material orgânico, apesar de em longos períodos de tempo, haver o descarte inadequado no material inorgânico. Além disso, verificou-se que os moradores são conscientes em relação ao descarte inadequado dos seus resíduos inorgânicos advindos da produção, o que pode ser justificado pela falta de coleta seletiva na comunidade local. 

Publicado

2016-06-16

Edição

Seção

Artigos