ESTUDO BIBLIOMÉTRICO SOBRE A MOTIVAÇÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS

Autores

  • Bruna Eduarda Medeiros Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
  • Thaynara Marconato Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
  • Antônia Egídia de Souza Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)

DOI:

https://doi.org/10.46699/rce.v21i38.3251

Resumo

O consumo de produtos orgânicos tem crescido nos últimos anos. Diante disso, a presente pesquisa objetivou realizar um estudo bibliométrico sobre a motivação para o consumo de produtos orgânicos, por meio de consulta no banco de dados da Scientific Electronic Library Online (SciELO), limitando-se às publicações dos últimos sete anos (2009 a 2015). Como resultado, verificou-se que o perfil do consumidor é composto por mulheres de 30 a 50 anos, mães de família, casadas, com ensino superior completo e renda mensal alta. Os fatores de motivação para consumo são a preocupação com a saúde e com o bem-estar da família, o fato de não ter adicionais químicos na produção (associando isso a uma vida longa), menor preocupação em relação às doenças, e ainda o fato de diminuir a necessidade de cuidados sanitários com os alimentos antes de consumi-los, gerando praticidade no preparo.

Biografia do Autor

Bruna Eduarda Medeiros, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)

Discente do curso de Ciências Biológicas

Thaynara Marconato, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)

Discente do curso de Administração

Publicado

2019-03-12

Edição

Seção

Artigos