Aves nativas e exóticas mantidas como animais de estimação em Santa Maria, RS, Brasil

Autores

  • Everton Luís Zardo
  • Everton Rodolfo Behr
  • André Macedo
  • Larissa Quinto Pereira
  • Maristela Lovato

DOI:

https://doi.org/10.24021/raac.v11i1/2.3092

Resumo

O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento das espécies de aves mais encontradas em cativeiro no bairro Camobi, município de Santa Maria – RS. Foram percorridas as ruas deste bairro durante os meses de setembro a dezembro de 2009 e março de 2010, verificando as residências com presença de aves silvestres ou exóticas. Nas residências com presença de aves, foi aplicado um questionário abordando questões como espécie criada, origem, idade, alimentação fornecida, se existe autorização para a criação e se são utilizados medicamentos. Foi realizada coleta de fezes para exame laboratorial para a verificação de possíveis infestações parasitárias, através da técnica de Willis-Mollay modificada. Foram encontradas 193 aves distribuídas em duas ordens e 17 espécies, sendo 55,95% exóticas e 44,05% nativas. A ordem dos Psitaciformes aparece com 136 indivíduos ou 70,46% e os Passeriformes com 57 ou 29,53% dos indivíduos encontrados. Das 193 aves observadas, foram obtidas 49 amostras de fezes para exame laboratorial. Destas, 34 (69,39%) apresentaram resultado negativo para endoparasitas e 15 (30,61%) apresentaram resultado positivo. A maioria das aves encontradas neste levantamento são exóticas e nativas criadas legalmente.

Publicado

2016-02-11

Edição

Seção

Artigos