A TERRITORIALIZAÇÃO DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) EM SANTA CATARINA (2009-2018)

Autores

  • Cleber José Bosetti Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v31i55.5518

Palavras-chave:

PAA, agricultura familiar, associações/cooperativas, desenvolvimento rural.

Resumo

Este trabalho faz uma análise da territorialização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em diferentes regiões do Estado de Santa Catarina no período compreendido entre 2009-2018. O PAA é entendido aqui como parte das políticas públicas de fortalecimento da agricultura familiar, bem como um instrumento das políticas de melhoria da segurança alimentar e nutricional do país. Os objetivos do trabalho são apresentar a distribuição regional do PAA no referido território, compreender os aspectos que caracterizam essa distribuição e analisar o papel das associações/cooperativas como entidades viabilizadoras dos mercados institucionais e do desenvolvimento rural. A metodologia utilizada foi quantitativa, através de análises estatísticas acerca dos dados do PAA. Os resultados sinalizam que, apesar de algumas limitações operacionais, o PAA possui um potencial para geração de desenvolvimento no âmbito territorial, especialmente quando o próprio território possui ancoradouros sociopolíticos convergentes com os princípios e diretrizes dessa política pública.

Biografia do Autor

Cleber José Bosetti, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor de Extensão Rural do Centro de Ciências Agrárias-CCR da Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC.

Publicado

2021-09-30

Edição

Seção

Artigos