A educação como um projeto de estado/nação na fronteira oeste catarinense (Chapecó 1930-1945)

Autores

  • Tatiane Modesti

Palavras-chave:

Holding. Assessoria Contábil. Sucessão empresarial. Sucessão civil. Herança.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar a educação em Chapecó, na região oeste catarinense, como uma das formas encontradas pelo projeto nacionalista de Vargas (1930-1945) para assegurar a assimilação de grupos estrangeiros e colaborar para a constituição de um Estado/Nação forte e consolidado. Neste período a educação se transformou numa das vias de implantação desse projeto e, sendo o oeste catarinense uma região de fronteira, com zonas de colonização estrangeira, a nacionalização se tornava essencial para garantir a segurança nacional. Além disso, criaram-se discursos como a “Marcha para Oeste” na tentativa de integrar o interior à Nação para se constituir o Estado Nacional.

Edição

Seção

Artigos