Política e economia da cultura: uma proposta de análise a partir das despesas públicas

Autores

  • Tiago Costa Martins
  • Victor da Silva O liveira

Palavras-chave:

Teoria da Resposta ao Item, Construção de Escalas, Gestão

Resumo

Na atualidade a transversalidade da cultura sugere uma visão recursiva  ue permeia os aspectos sociais, econômicos e políticos, que  relacionam elementos simbólicos e materiais da vida social. No que  tange aos fatores econômicos e políticos há de se destacar uma ênfase ao conhecimento como vetor dos territórios. No campo da pesquisa ocorre uma crescente demanda em encontrar respostas a essa transversalidade que envolve a produção cultural. Nessa conjuntura, a proposta deste estudo é discutir as alternativas de análise sobre a política e a economia no campo cultural. A partir das   despesas públicas municipais disponibilizadas pelo Tribunal de Contas  do Estado do Rio Grande do Sul, elucida-se uma possível metodologia  de estudo da relação entre políticas públicas e economia na cultura. Conclusivamente expõem-se uma série de variáveis, tais como a natureza do credor, o tipo de produto (bens ou serviços), o domínio   cultural da despesa (música, artes). Através das informações coligidas do município de São Borja, demonstram-se como estas podem ser  utilizadas na compreensão da produção cultural.