Pedagogia libertadora do MST: entre sonhos de educadores e lideranças

Autores

  • Ramofly Bicalho dos Santos
  • Vera Lúcia Sabongi De Rossi

Palavras-chave:

Pierre Robin. Pneumonia. Hereditária.

Resumo

Com este artigo, construído a partir de uma pesquisa mais ampla, pretendemos refletir sobre alguns dos limites e possibilidades das práticas educativas constitutivas da Pedagogia Libertadora do MST, inspirada nas propostas defendidas por Paulo Freire e Antonio Gramsci, construídas na inter-relação de lideranças, educadores e educandos (assentados e acampados). Entrecruzando vozes e comparando pontos de vista, procuramos manter um diálogo entre as fontes documentais escritas e as advindas da história oral, na tentativa de questionar algumas das armadilhas conceituais acerca da idealização do coletivo harmônico, que dificultaram a apreensão do lugar social da escola.

Publicado

2014-07-04

Edição

Seção

Artigos