Colonização, cultura e território: o caso de Chapecó/SC

Autores

  • Ana Laura Vianna Villela

Resumo

O presente trabalho aborda a análise do processo de identidade cultural na cidade de Chapecó/SC, a partir da análise da trajetória e consolidação da malha urbana. Parte dos conflitos pela posse da terra perpassa pelas dificuldades de ocupação do que se considerava uma terra hostil e inabitada, chegando à análise do futuro cultural que se projeta para o município. Neste sentido, aparecem sérias preocupações com o que está sendo resguardado e referenciado como patrimônio e memória da coletividade.

Publicado

2014-07-04

Edição

Seção

Artigos