As categorias: trabalho e brincadeira no candomblé

Autores

  • Maria Alice Rezende Gonçalves

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir os momentos dedicados as atividades lúdicas numa comunidade de candomblé da cidade de Niterói, no estado do Rio de Janeiro. Lá, notação de tempo é diferente da dominante em nossa sociedade e pode ser descrita como "orientação por tarefas". Nas comunidades nas quais aparece esta notação, nota-se pouca distinção entre "trabalho" e "vida". Nesta comunidade, a categoria "brincadeira" refere-se aos momentos lúdicos em que as atividades de entretenimento acontecem, tais como: festas profanas, encontros, pausas para descanso e jogos. Assim, a oposição "trabalho e lazer" inaugurada pelas relações capitalistas de produção não dão conta do que acontece nas comunidades de candomblé. Nela o tempo é medido pelos ciclos da natureza.

Publicado

2014-07-31

Edição

Seção

Artigos