Tempo de lembrar: Memórias de mulheres idosas acerca da migração e da vida no espaço rural (Marechal Cândido Rondon-PR)

Autores

  • Gladis Hoerlle Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Palavras-chave:

Migração, Santa Catarina, Região metropolitana de Porto Alegre.

Resumo

Este artigo analisa memórias das vivências de mulheres idosas no espaço rural do município de Marechal Cândido Rondon, Oeste do Paraná, e as referências que fazem à migração do Rio Grande do Sul ou de Santa Catarina para o Paraná, ao cotidiano na roça e aos atributos de gênero na “colônia”. Em suas memórias são tematizados o trabalho na terra, o cuidado da casa, da alimentação e do bem-estar da família, num contexto em que a maioria dos produtos consumidos era feito em casa, desde a produção e preparação dos alimentos até a confecção das roupas da família. Reflete-se sobre a forma como narram suas histórias de vida, os sentimentos e emoções que surgem ao narrar aquilo que lembram e o que preferem esquecer diante das dificuldades enfrentadas.

Biografia do Autor

Gladis Hoerlle, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Graduação e Mestrado em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Campus de Marechal Cândido Rondon, Paraná.

Publicado

2015-07-28