As festas em memória da abolição: comemorações cívicas do feriado de 13 de maio na capital e no interior do estado de Santa Catarina (1890-1915)

Autores

  • Fernando Bartholomay Filho

Palavras-chave:

memoria individual, memoria colectiva, testimonio, responsabilidad colectiva.

Resumo

A partir da leitura de fontes impressas da capital do estado de Santa Catarina e de algumas cidades do interior, este artigo busca realizar um levantamento das comemorações organizadas por clubes, entidades e associações urbanas que tinham como objetivo marcar a passagem de um importante feriado, o dia 13 de maio. Esta data da abolição da escravidão era dedicada no calendário republicano à celebração da fraternidade entre os brasileiros, abarcando dois recortes temporais e geográficos distintos com o objetivo de discernir padrões e significados atribuídos à memória da abolição pelas populações urbanas dessas cidades durante o período republicano.

Biografia do Autor

Fernando Bartholomay Filho

Professor de História. Possui Mestrado em História Cultural pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Publicado

2015-07-28