A região dos desejos e das aventuras: diálogos sobre grandes projetos de integração e desenvolvimento na Amazônia nos séculos XIX e XX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22562/2018.48.02

Palavras-chave:

Educação, Projeto “Escola sem Partido”, Antonio Gramsci

Resumo

Desde o período colonial a região amazônica se constituiu em um desafio aos conquistadores e aventureiros que muitas vezes desapareciam ou morriam na floresta, em sua busca de novas riquezas. Ao final do século XIX, sobretudo ao longo do XX, a Amazônia se tornou em base de projetos que visavam o progresso do Brasil a partir da exploração das riquezas da região. Neste sentido, um mergulho na literatura e nos debates da historiografia permite refletir sobre o processo que levou a região amazônica ao centro da cena nacional em políticas e projetos de integração e desenvolvimento, transformando a região em produtor de matéria-prima para o capitalismo nacional e mundial, o que provocou fortes impactos socioambientais.

Biografia do Autor

César Martins de Souza, UFPA

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense, Mestre em Antropologia pela UFPA, Licenciado e Bacharel em História pela UFPA. Professor Adjunto da Universidade Federal do Pará (UFPA), desenvolvendo atividades docentes no Campus de Altamira e no Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes da Amazônia.

Publicado

2018-06-04

Edição

Seção

Artigos