Dom José Gomes e as Terras Indígenas: análise de uma experiência de intervenção em políticas públicas

Autores

  • Clovis Antonio Brighenti
  • Ana Lúcia Vulfe Nötzold

Palavras-chave:

Palavras-chave, Salões de arte, Memória, História, Informação, Documentação.

Resumo

Dom José Gomes, Bispo da Diocese de Chapecó (SC) entre 1968 a 1999, dedicou parte de sua vida eclesiástica na defesa das populações indígenas na sua Diocese e no Brasil. Foi presidente do Conselho Indigenista Missionário entre 1979 a 1983. Como bispo diocesano em Chapecó enfrentou diversos conflitos fundiários. A partir da leitura de dois documentos relativos à sua prática na Terra Indígena Xapecó, de 1976, e Terra Indígena Toldo Chimbangue, de 1985, pretendemos analisar a sua postura na disputa por terras entre indígenas e agricultores na região oeste catarinense e compreender sua relação com o Estado ao intervir nas políticas públicas para solucionar a disputa.