Memórias e violência na luta pela terra em Campo Bonito, PR (1991-2008): tempo passado, desafio do presente

Autores

  • Geni Rosa Duarte
  • Paulo José Koling

Palavras-chave:

Compostos orgânicos voláteis, COV, Nanotecnologia, Nanotubos de carbono.

Resumo

Este artigo resultou das pesquisas realizadas sobre a história da luta, pela terra realizada pelos sem- terra no município de Campo Bonito, estado do Paraná, que ocuparam um latifúndio extrativista em agosto de 1991, cujos desdobramentos foram marcados pela resistência, organização, tragédia e violência. Através do levantamento bibliográfico e da História Oral foi possível situar as disputas pela terra, pela história e
pela memória. O texto inicia com a apresentação do monumento construído em homenagem ao sem-terra, Teixeirinha, morto por policiais do grupo especial, em uma das áreas do acampamento, ocorrido no dia 8 de março de 1993. Em seguida, apresentamos uma síntese do contexto e dos acontecimentos que envolveram os sem-terra, os ruralistas, o Grupo de Operações Especiais, a mídia e a comunidade local e o lugar da história, neste caso, que resultou em conflito violento e repressão. Com as entrevistas realizadas com diversas pessoas que viveram o processo a partir de lugares sociais distintos, analisamos as construções das memórias sobre Teixeirinha e as contradições ainda latentes nas versões produzidas sobre o caso. No final do artigo recuperamos
a concretude da história e da memória e o sentido da terra
para a existência daqueles camponeses.