Artífices de seu ofício

a relação entre a formação e a remuneração dos professores das redes públicas piauienses (1996-2016)

Autores

Resumo

Esta resenha apresenta as ideias do livro Artífices de seu ofício: a relação entre a formação e remuneração dos professores das redes públicas piauienses (1996-2016), de Isabel Cristina da Silva Fontineles. A obra analisa a relação entre a formação e o vencimento salarial dos docentes das redes públicas de ensino, tomando como recorte o Estado do Piauí, relacionando-o ao contexto das políticas nacionais de formação e remuneração de professores, no interstício de 1996 a 2016.  A escrita é fundamentada em dados tabulados sobre vencimento e remuneração dos professores, procurando dialogar com os instrumentos legais editados no período. Destaca-se ainda o levantamento histórico realizado, discutindo a temática enquanto agenda de Estado. A autora elabora uma profunda crítica, lastreada nos dados tabulados de que, no Piauí, em relação à valorização dos docentes por formação acadêmica, há limitadas políticas voltadas a formação de professores e ausência de definição de percentuais de ganho salarial por formação acadêmica, elementos considerados, em sua escrita, fundamentais de estímulo à formação profissional. Por fim, discute os distanciamentos entre as propostas de formação e remuneração entre a Rede Estadual de Educação do Piauí e a Rede Municipal de Educação de Teresina.

Biografia do Autor

Marcelo Sousa Neto, Universidade Estadual do Piaui / Universidade Federal do Piauí

Professor Associado da Universidade Estadual do Piauí UESPI, Campus Clóvis Moura. Coordenador de Área, História/PIBID/UESPI. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação Profissional em Ensino de História (ProfHistória UESPI/UFRJ). Professor Permanente da Pós-Graduação em História do Brasil, da Universidade Federal do Piauí UFPI.

Publicado

2020-12-18