Educação das relações étnico-raciais na escola

Autores

  • Paula de Abreu Pereira

Resumo

A Educação para as Relações Étnico-Raciais é um tema que está
presente na agenda educacional definitivamente, a partir da aprovação
da Lei nº 10.639/03, que trata da obrigatoriedade da temática
História e Cultura Afro-Brasileira no currículo escolar, implicando
assim, em mudanças na organização do mesmo. Como propõe a
pesquisadora Eliane Cavalleiro (2004)i, sete elementos estruturais
são elencados para esta análise: 1) Currículo escolar; 2) Formação
docente; 3) Material didático-pedagógico; 4) Minimização do problema
racial; 5) Universo semântico pejorativo; 6) Distribuição desigual
de estímulo e afeto; 7) Negação da diversidade racial na composição
da equipe de profissionais. As conclusões são que estes sete
elementos conjugados no ambiente escolar, se não forem
contextualizados na perspectiva de inclusão étnico-racial com
mudanças conceituais significativas, contribuem para a formação
de indivíduos preconceituosos e de sentidos e sentimentos de inferioridade
no grupo racial negro.

Edição

Seção

Artigos