CONTRIBUIÇÃO DA ECONOMIA SOLIDÁRIA NAS EXPERIÊNCIAS DA ASSOCIAÇÃO DO MOVIMENTO DE MULHERES CAMPONESAS DE RIACHO DE SANTANA-BAHIA-BRASIL

Autores

  • Bárbara Lourena de Sousa Santos Oliveira Especialista em Inovação Social com Ênfase em Economia Solidária e Agroecologia. IF Baiano. Serra do Ramalho-Bahia
  • Rita Vieira Garcia
  • Jessica Lima MBA em Gestão da Informação e do Conhecimento. IF Baiano

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5414

Palavras-chave:

Associativismo. Comércio solidário. Agricultura familiar.

Resumo

O presente trabalho tem a pretensão de demonstrar como as aprendizagens vivenciadas nas práticas do movimento social de mulheres e da Economia Solidária contribuíram com a inserção de mulheres camponesas nos espaços organizativos e produtivos no contexto da AMMCRS. O texto traz o perfil das mulheres e a trajetória da Associação visando à contextualização da situação e os processos desenvolvidos com as práticas, cogitando-os como elementos construtores socioeducativos. A metodologia adotada se insere no campo da pesquisa qualitativa exploratória junto com uma pesquisa-ação usando os seguintes instrumentos: roda de conversa, mapa falado, questionário e entrevista. Os resultados sugerem que as práticas da autogestão, do comércio de ciclo curto, as relações entre associadas e parcerias, além das reuniões na Associação contribuíram com o desenvolvimento pessoal e coletivo, social e político das mulheres na Associação fortalecimento da Economia Solidária localmente.

Biografia do Autor

Rita Vieira Garcia

Doutora em Ciência e Tecnologia de Alimentos. IF Baiano. Cruz das Almas- Bahia. Brasil

Publicado

2021-06-14

Como Citar

Oliveira, B. L. de S. S., Garcia, R. V., & Lima, J. (2021). CONTRIBUIÇÃO DA ECONOMIA SOLIDÁRIA NAS EXPERIÊNCIAS DA ASSOCIAÇÃO DO MOVIMENTO DE MULHERES CAMPONESAS DE RIACHO DE SANTANA-BAHIA-BRASIL. Revista Grifos, 30(53), 54-71. https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5414