ESTUDO EXPLORATÓRIO DAS TERRITORIALIDADES BASEADAS NAS TRANSFORMAÇÕES DA AGRICULTURA FAMILIAR SOBRE A LINHA ALDA – VIADUTOS/RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5626

Palavras-chave:

Agricultura Familiar. Dinâmica territorial. Linha Alda. Territorialidades.

Resumo

Este artigo visa, em nível exploratório, compreender como as dinâmicas territoriais se apresentam sobre a Linha Alda-Viadutos/RS. Para tanto, delimitamos três momentos de análise: o primeiro referente ao contexto histórico de construção de identidades e territorialidades dos estabelecimentos rurais da agricultura familiar localizados na Linha Alda; na sequência, apresentamos elementos sobre as mudanças resultantes dos processos de modernização da base técnica da produção, intensificadas a partir de 1970; e, por fim, um terceiro momento em que é realizada uma análise da configuração das dinâmicas territoriais recentes, marcadas pela paisagem da especialização produtiva e pelo declínio populacional e das territorialidades comunitárias estabelecidas outrora. A metodologia utilizada foi a pesquisa participante, trabalho de campo e a pesquisa bibliográfica documental. Desta forma, apresentamos um panorama geral sobre as dinâmicas territoriais da Linha Alda, que incluem os nanoterritórios das unidades de produção da agricultura familiar e as territorialidades na escala da localidade rural. Por meio deste estudo, foi possível apreender as circunstâncias que forjaram os atuais vínculos sociais difusos dos moradores da Linha Alda. Por conta disso, o uso da figura de linguagem: “será o fim da linha”?

Biografia do Autor

Izabela Fagundes, Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim/RS

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal da Fronteira Sul (RS) (2014). Atuou como professora das séries finais do ensino fundamental na área de Geografia na Escola Municipal de Ensino Fundamental de Viadutos de Junho de 2015 a Fevereiro de 2016 (regime de trabalho - contrato). Possui conhecimento em Gestão e coordenação pedagógica e gestão urbana e políticas públicas. Em 2016, ingressou os estudos em Licenciatura em Ciências Sociais pela UFFS campus Erechim. Em 2018 entrou para o programa Residência Pedagógica na Universidade Federal da Fronteira sul. Especialista lato sensu em Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - campus Erechim(2019). Estudante do curso de especialização stricto senso - mestrado em Geografia - Universidade Federal da Fronteira Sul, 2019

Márcio Freitas Eduardo, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS campus Erechim/RS

Graduado em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE, 2004), mestre (2008) e doutor (2014) em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), câmpus de Presidente Prudente. Professor do curso de Geografia - Licenciatura da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Erechim, e pesquisador do Núcleo de estudos e pesquisas sobre região, urbanização e desenvolvimento (nerud), atuando principalmente nos seguintes temas: abordagem territorial geográfica, agroecologia, desenvolvimento territorial rural, movimentos socioterritoriais e geografia socioambiental.

Publicado

2021-06-14

Como Citar

Fagundes, I., & Eduardo, M. F. (2021). ESTUDO EXPLORATÓRIO DAS TERRITORIALIDADES BASEADAS NAS TRANSFORMAÇÕES DA AGRICULTURA FAMILIAR SOBRE A LINHA ALDA – VIADUTOS/RS. Revista Grifos, 30(53), 135-153. https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5626