PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS TITULARES DE AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES NO OESTE DO PARANÁ

Autores

  • Fabíola Graciele Besen Docente no curso de Ciências Contábeis Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Campus de Foz do Iguaçu
  • Clério Plein Docente no curso de Serviço Social Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Juarez Bortolanza Docente no curso de Administração Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5654

Palavras-chave:

Demografia do Oeste do Paraná, agroindústrias familiares, ações aos empreendedores agropecuários.

Resumo

Este trabalho consiste em um estudo exploratório descritivo de um conjunto de 35 agroindústrias de 8 municípios do Oeste do Paraná, obtidos por uma empresa de assessoramento técnico na região, relacionados aos aspectos socioeconômicos dos titulares destas agroindústrias. Uma revisão bibliográfica contribuiu na análise e apresentação dos resultados estudados. O uso de uma matriz para tomada de decisão possibilitou identificar a ordem de prioridade de iniciativas, tanto de políticas públicas quanto dos proprietários dos empreendimentos agropecuários viabilizando, ações para melhorar a atratividade desses empreendimentos com rentabilidade e bem-estar dos proprietários. Identificou-se que 15 agroindústrias familiares possuem apenas dois membros na propriedade e 09 possuem apenas 03 membros, totalizando um percentual de 68,6% da amostra. A agroindústria contrata mão de obra terceirizada, mas identificou-se que apenas 22,9% faz uso dessa mão de obra. Há uma pequena predominância masculina na atividade. Quanto à matriz aplicada, os resultados ordenam a priorização de ações a serem desenvolvidas por meio de políticas públicas e/ou dos agricultores familiares para potencializar estabilidade e rendimentos em seus empreendimentos.

Biografia do Autor

Fabíola Graciele Besen, Docente no curso de Ciências Contábeis Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Campus de Foz do Iguaçu

Bacharel em Ciências Contábeis. Doutoranda em Desenvolvimento Rural Sustentável pela Unioeste. Professora Assistente do Curso de Ciências Contábeis da Unioeste – Campus de Foz do Iguaçu

Clério Plein, Docente no curso de Serviço Social Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Graduação: Economia Doméstica Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste – 2000 - Mestrado: Desenvolvimento Rural - Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS – 2003 - Doutorado: Desenvolvimento Rural - Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS – 2012 – Professor Adjunto Curso Serviço Social - Unioeste – Campus de Francisco Beltrão

Juarez Bortolanza, Docente no curso de Administração Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em Administração pela Faculdade de Ciências Humanas de Marechal Cândido Rondon (1991), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) , doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005) Pós-Doutorado em Administração (Gestão Universitária) (2017). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Publicado

2021-06-14

Como Citar

Besen, F. G., Plein, C., & Bortolanza, J. (2021). PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS TITULARES DE AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES NO OESTE DO PARANÁ. Revista Grifos, 30(53), 30-53. https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5654