A INFLUÊNCIA DAS LÓGICAS INSTITUCIONAIS NA ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA DA AGRICULTURA FAMILIAR: UMA ANÁLISE NO SEMIÁRIDO NORDESTINO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5868

Palavras-chave:

Agricultura Familiar. Organizações. Mercado. Lógicas Institucionais.

Resumo

Este trabalho pretende contribuir para a compreensão da relação entre a agricultura familiar e os mercados, através da mediação por organizações econômicas, objetivando fornecer, de maneira mais ampla, elementos para análise do papel que os arranjos organizacionais mobilizados pelos agricultores familiares exercem no desenvolvimento rural. Com base na premissa de que ao expandir suas relações e moldar seu campo organizacional a partir da rede de relações que estabelecem para acessar mercados, as Organizações Econômicas da Agricultura Familiar - OEAF são afetadas por uma ou mais lógicas institucionais presentes no ambiente no qual interagem, através da adoção de práticas materiais e simbólicas. Entender, portanto, como essas organizações sobrevivem diante da fragilidade de sua inserção econômica implica em conhecer quais lógicas as influenciam. Considerando a agricultura familiar como campo societal, foi identificada influência de dois tipos puros de lógica do sistema interinstitucional, a lógica do estado, a lógica da comunidade, uma variante da lógica de mercado, identificada como lógica do mercado alternativo e, por fim, uma lógica híbrida, a partir da combinação da lógica do estado e da lógica do mercado. Os resultados revelam que tais lógicas influenciam as práticas e símbolos nas OEAFs, moldando o comportamento organizacional.

Biografia do Autor

CAMILA MARQUES VIANA SILVA, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Desenvolvimento Rural pela UFRGS/Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Rural – UFRGS. Analista Técnica de Políticas Sociais no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA – BRASÍLIA (DF), Brasil.

GLAUCO SCHULTZ, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Agronegócio pela UFRGS/Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios - CEPAN. Docente no Programa de Pós-graduação em Agronegócio e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS – UFRGS - PORTO ALEGRE (RS), Brasil.​

Publicado

2021-06-14

Como Citar

SILVA, C. M. V., & SCHULTZ, G. (2021). A INFLUÊNCIA DAS LÓGICAS INSTITUCIONAIS NA ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA DA AGRICULTURA FAMILIAR: UMA ANÁLISE NO SEMIÁRIDO NORDESTINO. Revista Grifos, 30(53), 173-194. https://doi.org/10.22295/grifos.v30i53.5868