A comemoração do cinquentenário de Chapecó (1967)

Autores

  • Eloisa Rosalen Unochapecó

Palavras-chave:

Cultura organizacional, Morte do fundador, Simbolismo, Organizações familiares.

Resumo

No ano de 1967 - em virtude da sua fundação em 1917 - no município de Chapecó, foram realizados os festejos relativos à comemoração de seu cinquentenário, em que aconteceu uma série de atividades ao longo do ano, como um baile de gala no Clube Recreativo Chapecoense (CRC) com a coroação da Rainha do Cinquentenário, a 1º edição da Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (EFAPI) e a edição do Álbum do Cinquentenário. Desta forma, este artigo tem o objetivo principal de apresentar e problematizar a comemoração do cinquentenário do município de Chapecó, no ano de 1967, e de entender o processo de transformação da memória coletiva de determinado grupo social em memória oficial do município, esta, por sua vez, permeada de discursos ideológicos; Para assim refletir como se deu a propagação dessa memória, que influenciou por muito tempo toda a forma de se pensar o passado desse município.