Contribuições para a arqueologia do planalto catarinense: escavações no município de Passos Maia

Autores

  • Valdir Luiz Schwengber Unochapecó
  • Raul Viana Novasco
  • Alessandro De Bona Mello

Palavras-chave:

Indicadores ambientais. Dados ambientais físicos. Environmental Management Accounting. Global Reporting Initiative. Eficiência.

Resumo

A presente pesquisa foi realizada no município de Passos Maia, região oeste de Santa Catarina e/ou Campos de Palmas, associada a um empreendimento na área de transmissão de energia elétrica. Através desta, foram identificados seis sítios arqueológicos em um raio de 600 metros, dos quais, três são lito-cerâmicos superficiais, dois são compostos por estruturas subterrâneas, e um apresenta somente material lítico na superfície. Dos seis sítios, dois foram escavados e tiveram seu material analisado: Santa Terezinha I (lito-cerâmico) e Santa Terezinha III (estruturas subterrâneas). Através das atividades realizadas sobre os sítios foi possível verificar que o material associado ao sítio Santa Terezinha I pertence à fase Xaxim da Tradição Taquara/Itararé, já as estruturas subterrâneas do sítio Santa Terezinha III estão situadas no horizonte cronológico que varia entre os séculos VIII e IX da nossa Era. Tais dados informam, portanto, que a ocupação Jê no planalto dos Campos de Palmas pode ser tão antiga quanto àquelas do planalto dos Campos de Lages.