O museu comunitário como processo continuado

Autores

  • Hugues de Varine

Resumo

 

Partindo da compreensão de que um museu “normal” tem por objetivo servir ao conhecimento e à cultura, e que um “museu comunitário” tem por objetivo servir à comunidade e ao seu desenvolvimento, o presente texto entende que entre 1965 e 1995 os países nórdicos e a América do Norte (incluindo o México) exploraram de modo aprofundado as relações do museu com a comunidade. No entanto, não se deve desconsiderar a criação e o desenvolvimento do Ecomuseu em Le Creusot Montceau, que teve, durante os anos setenta, a reputação de ser um novo tipo de museu, bem como o movimento de ecomuseus em Québec, a multiplicação de museus locais em Portugal e os programas de desenvolvimento comunitário no Brasil com fortes componentes no campo dos museus e do patrimônio cultural.

 

Publicado

2014-12-26

Edição

Seção

Artigos