O compromisso regional das universidades comunitárias por meio da extensão

Transformações no contexto de mercantilização

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22562/2021.54.21

Palavras-chave:

Universidade , Comunidade, Extensão

Resumo

A extensão constitui-se, historicamente, na mediação pela qual as universidades comunitárias regionais tecem vínculos com a comunidade. Este artigo, apoiado em pesquisa de campo, estuda a extensão nas instituições comunitárias face à concorrência mercantil que passaram a vivenciar recentemente. Analisa as feições assumidas pela extensão no modelo comunitário: ainda está centrada nas demandas por desenvolvimento de suas comunidades regionais? Ou os rearranjos ocorridos em nome da sobrevivência econômico-financeira fragilizam essas características? Trabalha-se com as noções de bem público e privado na educação superior e com o conceito de capitalismo acadêmico na nova economia. Evidencia-se um deslocamento do modelo institucional para uma extensão capaz de se sustentar financeiramente, o que não significa o total afastamento do compromisso com demandas da comunidade. A curricularização dessa dimensão mostra-se potente para revitalizar uma extensão comprometida com o bem público, capaz de reaproximar as IES comunitárias regionais do compromisso social que marca sua origem.

Biografia do Autor

Cristina Fioreze, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Sociologia, professora da Universidade de Passo Fundo.

Clenir Maria Moretto, Universidade de Passo Fundo

Mestre em Serviço Social, professora da Universidade de Passo Fundo.

Giovana Henrich, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Serviço Social, professora da Universidade de Passo Fundo.

Publicado

2021-06-16