Avifauna de reserva indígena no oeste de Santa Catarina, sul do Brasil

Autores

  • Marina Petzen Vieira dos Santos
  • Chaiane Teila Iaeger
  • Chaiane Teila Iaeger
  • Rosangela Tereza Triques
  • Rosangela Tereza Triques
  • Claudia Elis Schiavini
  • Claudia Elis Schiavini

DOI:

https://doi.org/10.24021/raac.v11i1/2.3094

Palavras-chave:

Enfermeiros, Prazer-Sofrimento, Trabalho

Resumo

O Brasil possui uma das mais ricas comunidades de aves do mundo e mesmo sendo um grupo bastante conhecido, levantamentos de avifauna são relevantes. Considerando a ausência de estudos científicos voltados a fauna local, o objetivo deste estudo foi conhecer a comunidade de aves da reserva indígena Toldo Chimbangue, identificando a riqueza e abundância de espécies e agrupando-as em guildas tróficas a partir de sua dieta principal. Foram realizadas sete incursões em campo no período de abril a junho de 2010, totalizando 30 horas de esforço amostral. Foram registradas 79 espécies de aves e as guildas tróficas mais representativas foram insetívora e onívora. Mesmo com a reduzida riqueza de espécies de aves e o alto nível de antropização na área de estudo, os pequenos remanescentes de vegetação nativa existentes desempenham importantes funções para a manutenção das espécies.

Publicado

2016-02-11

Edição

Seção

Artigos