AS CATEGORIAS TRABALHO (MARX) E HUMANIZAÇÃO (FREIRE): implicações no currículo “São Paulo Faz Escola”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.6136

Palavras-chave:

currículo “São Paulo Faz Escola”, Humanização, Freire, Trabalho, Marx

Resumo

Este trabalho parte das discussões realizadas pelo Grupo de Pesquisa Teorias e Fundamentos da Educação (GPTeFE / UFSCar) com base na análise do “currículo “São Paulo Faz Escola”" (2008-2018). A partir de uma suposta perspectiva humanista presente na proposta curricular, analisa-se quais seriam as possíveis aproximações e distanciamentos em relação ao entrelaçamento teórico das categorias “Humanização” para Freire e “Trabalho” em Marx. Para tanto, buscou-se estabelecer articulações epistemológicas e ontológicas entre as duas categorias a partir de

fundamentos teóricos presentes em diferentes obras dos dois autores. Utiliza-se como método a pesquisa bibliográfica e análise documental. A análise crítica do documento manifestou um afastamento das concepções de humanização (Freire) e trabalho (Marx), evidenciando que o currículo implementado afasta-se da práxis dialética desenvolvida pelos autores na relação homens e mundo, negando a historicidade humana, e, desta maneira, acaba por orientar para uma educação voltada a moldar espíritos humanos a necessidades empresariais alinhandos à concepção concepção liberal de trabalho.

Biografia do Autor

Aldo Abitante, Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba

Mestre em Educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba, E-mail: aldoabitante1981@outlook.com

Renata Reis dos Santos, Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba

Mestra em Educação pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba. E-mail: renata.reis@ifsp.edu.br

Juliana Rezende Torres, Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba

Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba, E-mail: julianart@ufscar.br

Antônio Fernando Gouvêa da Silva, Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba

Docente de Ensino Superior, Graduação e Pós-Graduação, na Universidade Federal de São Carlos, Campus Sorocaba e na Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina, E-mail: gova@uol.com.br

Referências

ALVES, Giovanni. Trabalho e subjetividade: o metabolismo social da reestruturação produtiva do capital. Marília: UNESP, 2008.

CATANZARO, Fabiana O. O programa São Paulo Faz a Escola e suas apropriações no cotidiano de uma escola de ensino médio. 2012. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

DELUIZ, Neise. O modelo das competências profissionais no mundo do trabalho e na educação: implicações para o currículo. Boletim técnico do Senac, v. 27, n. 3, p. 13-25, 2001.

EGOSHI, Koiti. Os 5 S da Administração Japonesa. Artigo Disponível em: http://www. infobibos. com/Artigos/2006 _2 S, v. 5, 2012.

ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do Estado. 9.ed. Civilização Brasileira, 1984.

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? Tradução Rosiska Darcy de Oliveira. 7. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1983.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a liberdade. 5 ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

KERSTING, Wolfgang. Liberdade e liberalismo. Porto Alegre, EDIPUCRS, 2005.

LESSA, Sérgio. Lukács e a ontologia: uma introdução. Outubro, v. 5, n. 1, p. 89-100, 2001.

MAFRA, JASON F; CAMACHO, Carlos. M. P. Paulo Freire e o materialismo histórico: um estudo de “extensão ou comunicação?”. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 19, n. 41, p. 118-136, 2017 maio/ago.

MARX, Karl. A Ideologia Alemã. Tradução: Rubens Enderle, Nélio Schneider, Luciano Martorano. São Paulo: Boitempo, 2000.

MARX, K. O Capital - Livro I – crítica da economia política: O processo de produção do capital. Tradução Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/2547757/mod_resource/content/1/MARX%2C%20Karl.%20O%20Capital.%20vol%20I.%20Boitempo..pdf

SÃO PAULO (Estado) Secretaria de Educação. Proposta Curricular (Geral). Coord. Maria Inês Fini. São Paulo: SEE, 2008-a.

SILVA, Marcelo Lira. Os Fundamentos do Liberalismo Clássico: A relação entre estado, direito e democracia. Revista Aurora, v. 5, n. 1, p. 121-147, 2011.

Publicado

2021-05-24

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua