LETRAMENTO CIENTÍFICO E A LUDICIDADE: percepções de um grupo de professoras de Ciências da Natureza

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v25i1.7488

Palavras-chave:

Formação docente, Práticas pedagógicas , Análise Textual Discursiva

Resumo

O presente estudo objetivou investigar as percepções de um grupo de professoras de Ciências da Natureza com relação às suas práticas pedagógicas e a utilização da ludicidade enquanto proposta metodológica para o desenvolvimento do Letramento Científico (LC). Metodologicamente foi realizada uma pesquisa aplicada de abordagem qualitativa, caracterizando um estudo de caso. Para a análise dos dados coletados utilizou-se da Análise Textual Discursiva (ATD). Deste processo de análise, emergiram três categorias finais, sendo elas: 1. Ludicidade: Percepções e Contribuições; 2. A Ludicidade como uma possibilidade pedagógica; 3. O Letramento Científico por meio da Ludicidade. Como resultados, pode-se inferir que, de acordo com as percepções das professoras, a Ludicidade está relacionada a jogos e brincadeiras e como aliada da aprendizagem significativa, estando atrelada às atividades práticas. As docentes percebem a necessidade da busca de novas estratégias para que as práticas educativas sejam mais interessantes e motivadoras e entendem a importância da Ludicidade como uma possibilidade pedagógica que pode auxiliar neste sentido. Sobre o LC elas ainda não têm clareza quanto ao significado do termo, porém acreditam que a Ludicidade pode ser uma ferramenta facilitadora que poderá contribuir para o desenvolvimento do LC. 

Biografia do Autor

Tatieli Trindade Lima, Universidade Federal do Pampa

Mestranda em Educação em Ciências na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Uruguaiana. Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2006) e Especialização em Gestão e Organização Escolar (2010) pela Universidade Norte do Paraná - Unopar, pólo Uruguaiana, cursando Especialização em Análise do Comportamento Aplicada pela Faveni (Faculdade de Venda Nova do Imigrante/ ES). Integrante do Grupo de Pesquisas ComCiência da Unipampa Uruguaiana e ex-aluna em Regime Especial de Mestrado da disciplina de Educomunicação. Tem experiência no Setor Administrativo Escolar, exercendo a função de Auxiliar de Secretaria e Secretária de Escola da Rede Municipal de Ensino de Uruguaiana-RS de 2006 a 2013. Atualmente trabalha na mesma rede, exercendo a função de Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental na Escola Municipal de Ensino Fundamental Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, além de ser Regente de Classe da Rede Estadual de Ensino, atuando no Ensino Médio do Colégio Estadual Dr. Roberval Beheregaray Azevedo na área de Ciências Humanas. Trabalhou como de Tutora de Sala do Curso de História e Licenciaturas da Universidade Norte do Paraná - Unopar, Pólo Uruguaiana de 2009 a 2019.

Fernando Icaro Jorge Cunha, Universidade Federal do Pampa

Possui formação em Magistério (Curso Normal) de nível médio pelo Instituto de Educação Ciep 179 - Professor Claudio Gama/RJ. Atualmente é acadêmico do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza na Universidade Federal do Pampa - Unipampa, Campus Uruguaiana. Foi Bolsista CAPES através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID, atuando na EMEF Moacyr Ramos Martins na cidade de Uruguaiana/RS, desenvolvendo atividades que buscam superar o Ensino de Ciências da Natureza, a fim de elucidar o Letramento Científico (2020-2022). Foi premiado com uma bolsa do banco Santander através do edital 235/2020, que selecionou graduandos com excelência em rendimento acadêmico. Desenvolveu o projeto de extensão intitulado: Processos de Formação e Articulações Didático-Pedagógicas para Professores de Ciências da Natureza, em conformidade com o edital n° 40/2021, tecendo um curso de extensão sob orientação do Prof. Dr. Ailton Jesus Dinardi. Em 2021 iniciou a participação no grupo de pesquisa em Ambiente, Educação, Ciênciometria e Ensino de Ciências - COMCIÊNCIA.

Ailton Jesus Dinardi, Universidade Federal do Pampa

Possui graduação em Ciências Habilitação em Biologia pela Universidade do Sagrado Coração (1992), Especialização em Educação Ambiental pela Unesp de Botucatu/SP, Mestrado em Educação para Ciências pela Unesp de Bauru/SP e Doutorado em Ciência Florestal pela UNESP, campus de Botucatu/SP. Desde agosto de 2014 é Professor Adjunto da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA, Campus de Uruguaiana - RS e Docente Permanente do PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde. Coordena o Curso de Especialização em Educação Ambiental (Lato sensu) e o Curso de Ciências da Natureza (Gestão 2019 - 2020). Atua como pesquisador do COMCIÊNCIA, grupo de pesquisa em Ambiente, Educação, Ciênciometria e Ensino de Ciências. Compõe o Banco de Avaliadores do INEP - Basis.

Referências

ANPEd. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Ética e pesquisa em Educação: subsídios. Rio de Janeiro: ANPEd, 2019. Disponível em: https://www.anped.org.br/sites/default/files/images/etica_e_pesquisa_em_educacao_-_isbn_final.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

AGUIAR, Jonathan. O lúdico na formação de professores: caminhos possíveis para pesquisa científica. Revista e-Mosaicos, v. 10, n. 25, p. 63-85, 2021. DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.43444. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/e-mosaicos/article/view/43444. Acesso em: 28 abr. 2023.

AREIAS, George Bassul; ROVETTA, Organdi Morgin; NOBRE, Isaura Alcina Martins. Sala de Aula Invertida: Metodologia Ativa de aprendizagem com alunos de Ensino Superior. In: V Congresso Regional de Formação e EAD. Vitória, 16 a 18 de agosto de 2018. Disponível em: https://ocs.ifes.edu.br/index.php/Vitoria_03/concefor5/paper/view/4645. Acesso em: 28 abr. 2023.

ASSUNÇÃO, Ada Ávila. OLIVEIRA, Dalila Andrade. Intensificação do Trabalho e Saúde dos Professores. Educ. Soc., Campinas, v. 30, n. 107, p. 349-372, maio/ago. 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302009000200003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/fdCjfWkF8XYXTfyXGcgCbGL/abstract/?lang=pt. Acesso em: 28 abr. 2023.

AUSUBEL, David Paul; NOVAK, Joseph Donald; HANESIAN, Helen. Educational psychology: a cognitive view. Second Edition. New York. USA: Ed. Holt, Rinehart and Winston, 1978.

BEDIN, Everton; QUEIROZ, Artur Medeiros. A afetividade no ensino de ciências como mecanismo de qualificação aos processos de ensino e aprendizagem. Anais II CONEDU... Campina Grande: Realize Editora, 2015. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/15025. Acesso em: 28 abr. 2023.

BRANCO, Cristina. Formação Continuada de Professores: focalizando a relação teoria-prática. In: PARANÁ (org.) O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense: produção didático-pedagógica, v. 2, 2007. p. 2-14. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/425321509/O-PROFESSOR-PDE-E-OS-DESAFIOS-DA-ESCOLA-PUBLICA-PARANAENSE. Acesso em: 28 abr. 2023.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Programa Internacional de Avaliação de Alunos. Letramento Científico. MEC: PISA, 2010. Disponível em: https://download.inep.gov.br/download/internacional/pisa/2010/letramento_cientifico.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

BRASIL. Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016. Determina diretrizes éticas específicas para as ciências humanas e sociais (CHS). Brasília: MS, 2016. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. MEC: SEF, 2018.

BRASIL, Gabriela Dipicoli; MÜNCHEN, Silvia Vieira; SCHWANKE, Cibele. Utilizando a ludicidade no ensino de ciências em uma escola pública de Porto Alegre: o fazer docente contextualizado e integrado além da sala de aula. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v. 7, n. 2, p. 1-14,2018. DOI: https://doi.org/10.35819/tear.v7.n2.a3208. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/3208. Acesso em: 28 abr. 2023.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Brasília, 2018.

BRASIL. Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Pisa 2015: OECD PISA 2015 - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes Matriz de Avaliação de Ciências. Brasília, DF, 2015. Disponível em: https://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/marcos_referenciais/2015/matriz_de_ciencias_PISA_2015.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

COIMBRA, Camila Lima. (2016). A aula expositiva dialogada em uma perspectiva freireana. In: Anais do III Congresso Nacional de Formação de Professores (cnfp) e XIII Congresso Estadual Paulista Sobre Formação de Educadores (cepfe), v. 3, n. 4, p. 1-13. Disponível em: https://editorarealize.com.br/editora/anais/enebio/2021/TRABALHO_EV139_MD1_SA21_ID465_02032020221912.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

CUNHA, Fernando Icaro Jorge et al. Formação continuada de docentes da Educação Básica: uma revisão sistemática. Research, Society and Development, v. 11, n. 7, p. 1-14, 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29383. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29383. Acesso em: 28 abr. 2023.

DELIZOICOV, Demetrio; ANGOTTI, José André; PERNAMBUCO, Marta Maria Castanho Almeida. Ensino de ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2011.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL. Educação e tecnologias digitais: desafios e estratégias para a continuidade da aprendizagem em tempos de COVID-19. In: Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. 1. ed. São Paulo, SP: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2021. Disponível em: https://cetic.br/pt/publicacao/educacao-e-tecnologias-digitais-desafios-e-estrategias-para-a-continuidade-da-aprendizagem-em-tempos-de-covid-19/. Acesso em: 28 abr. 2023.

FERREIRA, Mariane Grando; WENDLING, Cléria Maria; STRIEDER, Dulce Maria. Ludicidade e experimentação no Ensino de Ciências Naturais: Um panorama do Currículo Municipal de Cascavel – PR. Revista Valore, Volta Redonda, v. 6 (Edição Especial), p. 1338-1347, 2021. Disponível em: https://revistavalore.emnuvens.com.br/valore/article/view/889. Acesso em: 28 abr. 2023.

GADOTTI, Moacir. Boniteza de um sonho: Ensinar e aprender com sentido. 2 ed. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2011.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

LIMA, Henrique de. et al. O uso de atividades práticas no ensino de ciências em escolas públicas do município de Vitória de Santo Antão – PE. Rev. Ciênc. Ext., v. 12, n. 1, p.19-27, 2016. Disponível em: https://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/view/1190. Acesso em: 28 abr. 2023.

LOPES, Ranib Aparecida. et al. O Ensino Aprendizagem De Ciências Da Natureza Nos Anos Finais Do Ensino Fundamental: Estratégias de Ensino, Recursos Didáticos e as Práticas Pedagógicas. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, v. 7, n. 2, p. 304-23. 2018. DOI: https://doi.org/10.21664/2238-8869.2018v7i2.p304-323. Disponível em: http://periodicos.unievangelica.edu.br/index.php/fronteiras/article/view/2124. Acesso em: 28 abr. 2023.

MAMED, Mayra; ZIMMERMANN, Erika. Letramento Científico e CTS na formação de professores para o ensino de ciências. Enseñanza de las ciências, (Número Extra, VII Congresso), p. 1-4, 2005. Disponível em: https://ddd.uab.cat/pub/edlc/edlc_a2005nEXTRA/edlc_a2005nEXTRAp320letcie.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. (irg.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, v. 12, n. 1, p. 117-128, abr. 2006. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132006000100009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ciedu/a/wvLhSxkz3JRgv3mcXHBWSXB/abstract/?lang=pt. Acesso em: 28 abr. 2023

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva. 3. ed. Rev. e Ampl. Ijuí: Editora Unijuí, 2016.

PESSANO, Edward Frederico Castro et al. Contribuições para o Ensino de Ciências: Alfabetização Científica, Aprendizagem Significativa, Contextualização e Interdisciplinaridade – Bagé/RS: EdUNIPAMPA, 2017.

POSSAMAI, Janaína Poffo; ALLEVATO, Norma Suely Gomes. RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: o entendimento de professores de Ciências e Matemática em formação. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 24, p. 1-20, 2022. DOI: https://doi.org/10.22196/rp.v24i1.6835. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/6835. Acesso em: 28 abr. 2023.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico. 2. Ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

ROSA, Sabrina Vale Rodrigues. Ludicidade no ensino de ciências. 2015. 38f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Formação de Professores, 2015. Disponível em: http://www.ffp.uerj.br/arquivos/dedu/monografias/131016/svrr.2015.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

SANTOS, Wildson Luís Pereira dos. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 36, p. 474-550, 2007. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000300007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/C58ZMt5JwnNGr5dMkrDDPTN/abstract/?lang=pt. Acesso em: 28 abr. 2023.

SIGANSKI, Bruna Prevedello; FRISON, Marli Dallagnol; BOFF, Eva Teresinha de Oliveira. Ensino e Aprendizagem (EA) O Livro Didático e o Ensino de Ciências. XIV Encontro Nacional de Ensino de Química (XIV ENEQ) UFPR, 21 a 24 de julho de 2008. Curitiba/PR. Disponível em: http://www.quimica.ufpr.br/eduquim/eneq2008/resumos/R0468-1.pdf. Acesso em: 28 abr. 2023.

SILVA, Raylane Carla Da Penha et al. A ludicidade na construção de uma prática interdisciplinar no Ensino de Ciências. Anais V CONEDU. Campina Grande: Realize Editora, 2018. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/49344. Acesso em: 28 abr. 2023.

SILVA, Vanussa Sampaio Dias da. O lúdico como recurso metodológico na inclusão de alunos com deficiência intelectual no Ensino Fundamental. Revista Educação Pública, v. 20, n. 20, 2020. Disponível em: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/20/20/o-ludico-como-recurso-metodologico-na-inclusao-de-alunos-com-deficiencia-intelectual-no-ensino-fundamental. Acesso em: 28 abr. 2023.

SOUZA, Ana Paula Azevedo de et al. A Necessidade da Relação Entre Teoria e Prática no Ensino de Ciências Naturais. UNOPAR Cient., Ciênc. Human. Educ., Londrina, v. 15, n. especial, p. 395-401, 2014. DOI: https://doi.org/10.17921/2447-8733.2014v15n0p%25p. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsskroton.com.br/article/view/454. Acesso em: 28 abr. 2023.

SOUZA, Jucivanio Felix de; CAVALCANTE, Lígia Vieira da Silva; DEL PINO, José Claudio. Alfabetização científica e/ou Letramento científico: reflexões sobre o Ensino de Ciências. Revista Educar Mais, v. 5, n. 5, p. 1299–1312. 2021. DOI: https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2528. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/educarmais/article/view/2528. Acesso em: 28 abr. 2023.

Downloads

Publicado

2023-05-08

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua