O território como um elemento indissociável da educação: um desafio para a formação de professores indígenas

Autores

  • Maria Aparecida Rezende

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v17i34.2919

Palavras-chave:

Sociologia, Estudos Culturais, Museus, Narrativas Coloniais, Dominação

Resumo

Este texto é uma provocação de diálogo com as instituições que se propôs a oferecer a Formação de Professores Indígenas. Também tem a intenção de discutir o lugar do território como um dos eixos que sustentam a cultura dos povos indígenas por meio da educação. Juntar a educação escolar à educação indígena e, a partir disso, compreender o que é educação intercultural. Essa discussão foi realizada junto aos povos indígenas e com a assessoria pedagógica no seio das aldeias mato grossenses, escutando as vozes sempre silenciadas. A partir dessa escuta, necessitou-se de muitas leituras e trocas de experiências com pessoas que partilham desse mesmo problema. O desafio é da efetivação das práticas pedagógicas interculturais. Não se separa a educação da vida. E o território é o coração da educação indígena.

Publicado

2015-09-08

Edição

Seção

ARTIGOS