O Contestado na sala de aula

Autores

  • Paulo Pinheiro Machado Departamento de História - UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22562/2017.46.07

Resumo

Este artigo analisa as dificuldades de comunicação entre a produção acadêmica e o ensino do movimento social do Contestado. É identificada a necessidade de construção de mediações, de combate a preconceitos, de afirmação de valores positivos de trajetórias populares, além da importância do meio acadêmico aprender com as experiências dos professores do Ensino Fundamental.

Biografia do Autor

Paulo Pinheiro Machado, Departamento de História - UFSC

Professor do Departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina, bolsista em Produtividade de Pesquisa II do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

Publicado

2017-06-01

Edição

Seção

Artigos