Modelo “Top Down”: uma reflexão sobre a implementação de políticas públicas e a participação dos gestores governamentais

Autores

  • Lorena Madruga Monteiro Professora Titular I do Programa de Pós Graduação em Sociedade, tecnologias e políticas públicas do Centro Universitário Tiradentes (UNIT/AL)

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v9i3.3253

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre o modelo “top down” de implementação de políticas públicas. Conforme Sabatier & Mazmanian (1996) no “top down model” a decisão política é implementada pelos representantes governamentais, e assim, é preciso um controle maior sobre os atores da implementação (HAM & HILL, 1993). Dada esta constatação objetiva-se problematizar, dentro desse modelo, o papel atribuído aos agentes do topo do Estado na implementação de políticas públicas. Para tanto, explora-se, por um lado, como esses atores tem sido definidos na literatura especializada, e por outro, qual a alcance de suas ações. Acredita-se que esse recorte, dentro do debate mais amplo da formulação e implementação de políticas, possa explorar e clarificar aspectos até então pouco visualizados nas análises de políticas públicas.  

Biografia do Autor

Lorena Madruga Monteiro, Professora Titular I do Programa de Pós Graduação em Sociedade, tecnologias e políticas públicas do Centro Universitário Tiradentes (UNIT/AL)

Graduada em Ciências Sociais UFRGS. Mestre e Doutora em Ciência Política UFRGS. Professora Titular I do Programa de Pós Graduação em Sociedade, tecnologias e políticas públicas do Centro Universitário Tiradentes (UNIT/AL)

Publicado

2017-11-17

Edição

Seção

Artigos