GOVERNANÇA E PLANEJAMENTO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DA PRODUÇÃO STRICTO SENSU NO BRASIL ENTRE 1995 e 2014

Fábio Luís Falchi de Magalhães, Fábio Kazuo Ohashi, Lidiane Cristina da Silva, Marcos Antonio Gaspar, Marcos Vinicius Cardoso

Resumo


O objetivo desta pesquisa é o de explorar a produção científica no Brasil sobre a temática governança e planejamento de TI, a partir das dissertações e teses publicadas no país provenientes de cursos de pós-graduação stricto sensu, no período de 1995 a 2014. Esta temática se destacou em 2012 como uma das maiores preocupações da gestão nas organizações no mundo segundo a ‘Society for Information Management’. É realizada uma pesquisa descritiva documental com a utilização da bibliometria, tendo como base de dados à plataforma CNPq Lattes. Foram identificados 263 trabalhos, sendo 34 (D), 160 (ME) e 69 (MP). Com 259 egressos, 104 programas em 67 diferentes IES e 176 orientadores, mais da metade dos trabalhos são oriundos de programas de excelente qualidade (sem MP). Maioria das instituições e pesquisadores, igualmente participando em congressos científicos específicos refletindo avanço na área. IES particulares sem fins lucrativos, o Sudeste, o estado de São Paulo, a Universidade Católica de Brasília (UCB) e João Souza Neto foram os mais profícuos. A temática analisada tem sido assunto de interesse de pesquisa, notadamente pelo pleno crescimento no decorrer do período analisado, com destaque para o ano 2012 e categoria temática governança de TI. Metade dos estudos tem sido realizada na área da Administração, Ciências Contábeis e Turismo, mas também se verificou a ocorrência de trabalhos nas áreas: Engenharias III, Interdisciplinar, Ciência da Computação e Engenharias IV, entre outras, de um total de dez das 48 áreas de avaliação da CAPES.


Palavras-chave


Produção científica. Governança de tecnologia da informação. Planejamento de tecnologia da informação.

Texto completo:

PDF