FATORES DETERMINANTES DA REMUNERAÇÃO DOS CONTADORES: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO NO NORDESTE BRASILEIRO

Autores

  • GILVAN MEDEIROS DE SANTANA JUNIOR Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB
  • ALDO LEONARDO CUNHA CALLADO Universidade Federal da Paraíba - UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22277/rgo.v9i3.3349

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar os fatores que determinam a remuneração dos contadores da Região Nordeste Brasileira. As Teorias Econômicas apresentam explicações dos fatores que determinam as variações dos salários dos trabalhadores e dentre as teorias, destacam-se a Teoria do Capital Humano e a Teoria de Segmentação dos Mercados. A primeira destacou-se a partir das publicações de Shultz (1961) e Becker (1962) que apresentam que a variação nos salários decorre dos investimentos em educação. Em relação a Teoria da Segmentação dos Mercados, esta defende que a sociedade do trabalho é uma sociedade discriminante. A amostra da pesquisa compreendeu 14.855 observações de profissionais de contabilidade da região nordeste brasileira. O banco de dados utilizado foi os microdados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) disponibilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente ao ano de 2014. Por meio de testes estatísticos, observou-se que os profissionais que possuem a titulação de mestrado são melhores remunerados quando comparados aos que possuem apenas o curso de graduação. Destacaram-se também as empresas que são tributadas com base no regime do Simples Nacional pagam salários menores do que as não optantes a este regime. Este resultado confirma o que é preconizado pela Teoria da Segmentação dos Mercados.

Biografia do Autor

GILVAN MEDEIROS DE SANTANA JUNIOR, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB

Mestre em Ciências Contábeis – Universidade Federal da Paraíba (PPGCC/UFPB) – Professor da Unidade Acadêmica de Gestão e Negócios do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia da Paraíba (UAG/IFPB).

ALDO LEONARDO CUNHA CALLADO, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Doutor em Agronegócios – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Finanças de Empresas – Universidade Federal da Paraíba. Professor do Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba.

Publicado

2017-11-17

Edição

Seção

Artigos