Avaliação de dor e nocicepção em idosos de uma instituição de curta permanência

Assessment of pain and nociception in the elderly in a short-term institution

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22298/rfs.2021.v9.n1.6030

Palavras-chave:

Condução Nervosa; Envelhecimento; Medição da Dor.

Resumo

Introdução: A dor é uma sensação e experiência emocional desagradável associada à lesão tecidual, real ou potencial, ou descrita em termos dessa lesão. Entretanto, a percepção de dor é considerada multidimensional e abrange fatores psicossociais, cognitivo-culturais, comportamentais e sensoriais. Objetivo: Avaliar a dor e a nocicepção de idosos de uma instituição de curta permanência. Métodos: Estudo transversal, do tipo quantitativo, com amostra de 36 idosos que frequentaram uma instituição de curta permanência no oeste de Santa Catarina entre janeiro e março de 2020. Foram utilizados para a coleta de dados os questionários: sociodemográfico; Mini-Exame do Estado Mental; escalas de dor (EMADOR, EVA, EVN, EVF, IAD-breve e AEDC); avaliação de sensibilidade térmica (com algodão embebido em álcool e água morna); e nociceptiva por pressão (algômetro). Resultados: A média encontrada na avaliação numérica da Escala Multidimensional de Avaliação da Dor foi de 6,86 (± 1,96). A Escala Visual Analógica apresentou média de 5,94 (± 2,17), a Escala Visual Numérica, 6,5 (± 2,11), e, por fim, a Escala Visual de Faces teve média de 5,67 (± 2,64). Quanto à avaliação da nocicepção por pressão, a média no lado direito foi de 2,07kgf (± 1,09) e no esquerdo, 2,16kgf (± 1,13). Conclusão: O estudo revelou que apesar do declínio orgânico ocasionado pelo envelhecimento, as queixas de dor ainda são prevalentes, principalmente de dor crônica, demonstradas pelos resultados das escalas subjetivas e dos testes objetivos de algometria e sensibilidade térmica.

Biografia do Autor

Amanda Fregonese Gagliotto, Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ)

Acadêmica do curso de Medicina da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ).

Maria Eduarda Dullius, Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ)

Acadêmica do curso de Medicina da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ).

Paula Zeni, Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ)

Fisioterapeuta. Doutora em Fisiologia. Professora da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ).

Samuel Spiegelberg Zuge, Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ)

Enfermeiro. Doutor em Enfermagem. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ).

Publicado

2021-06-13

Como Citar

Fregonese Gagliotto, A., Dullius, M. E., Zeni, P., & Spiegelberg Zuge, S. (2021). Avaliação de dor e nocicepção em idosos de uma instituição de curta permanência: Assessment of pain and nociception in the elderly in a short-term institution. Revista FisiSenectus, 9(1), 58-72. https://doi.org/10.22298/rfs.2021.v9.n1.6030

Edição

Seção

Artigos