Jogos digitais e emoções: um estudo exploratório com crianças

Autores

  • Daniela Karine Ramos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gleice Assunção da Silva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Cíntia Costa Macedo Universidade Federal de Santa Catarin

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4314

Palavras-chave:

Games, Expressão facial, Aprendizagem

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar as expressões faciais e gestos de crianças durante a interação com um jogo digital específico e os relatos orais sobre a experiência para discutir o potencial do uso dos jogos digitais em contexto educacionais e mediados para trabalhar as emoções. A pesquisa  caracteriza-se por ser exploratória de abordagem qualitativa realizada com seis crianças em idade escolar (entre 4 a 7 anos). Para tanto, realizou-se filmagens das expressões faciais sintonizadas com as fases do jogo e entrevistas individuais com as crianças e entrevistas. Os resultados revelaram que os jogos digitais podem se constituir como um espaço de problematização, análise e discussão para o desenvolvimento emocional nas crianças, reforçando a importância de uma concepção mais ampla e integral de formação humana e o papel da escola para o desenvolvimento humano.

Biografia do Autor

Daniela Karine Ramos, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Educação e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

Gleice Assunção da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda e Mestra em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGE/CED/UFSC). Membro do Grupo de Pesquisa Edumídia (UFSC) e do Grupo de Pesquisa Educação, Comunicação e Intersetorialidade nas Políticas Públicas (Fundação Oswaldo Cruz).

Cíntia Costa Macedo, Universidade Federal de Santa Catarin

Licenciada em Educação Física, Mestra em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina e Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão em EaD pela Universidade Federal Fluminense (UFF) .

 

Publicado

2020-08-05

Edição

Seção

Dossiê - Infância e Crianças: discussões à luz da Sociologia da Infância