IMPLANTAÇÃO E LEGADO DO PRONATEC: estudo de casos múltiplos em escolas públicas no centro-oeste mineiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4316

Palavras-chave:

PRONATEC, Educação Tecnológica e Profissional, Políticas Públicas para Educação

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi analisar como ocorreu a implantação dos cursos técnicos através do PRONATEC nas escolas da rede pública de ensino da regional da cidade mineira Pará de Minas e descobrir o legado que esse programa deixou após o seu encerramento. Foi realizado um estudo de casos múltiplos, com uma abordagem qualitativa. Os resultados apontaram problemas na implantação do programa, tais como: exclusão dos alunos da rede particular de ensino e de quem já tinha o ensino médio; as verbas enviadas não puderam ser usadas na infraestrutura das escolas e os currículos chegaram prontos sem análise da necessidade de mercado. Porém, os alunos que terminaram o PRONATEC conseguiram um emprego e, o legado principal foi uma mudança no comportamento dos professores, tanto no uso de novas metodologias em sala de aula, quanto nas abordagens sobre o papel da educação como forma de promover a cidadania e melhorar as perspectivas dos jovens no mercado de trabalho.

Biografia do Autor

Márcia Gorett Ribeiro Grossi, CEFET-MG

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora Titular do Departamento de Educação e do Mestrado em Educação Tecnológica do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG).

Reinaldo Ríchardi Oliveira Galvão, Faculdade de Pará de Minas (FAPAM)

Mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Professor e Coordenador do Centro de Extensão e Pesquisa da Faculdade de Pará de Minas (FAPAM).

Publicado

2020-08-10

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua