O SISTEMA DE COTAS PARA INGRESSO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PÚBLICA: qual sua importância e por que pesquisar?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4344

Palavras-chave:

Ações afirmativas, Sistema de cotas, Ensino Superior

Resumo

Este trabalho traz considerações sobre aspectos culturais e econômicos que originaram desigualdades sociais, étnicas e educacionais no Brasil. Situando o ensino superior nesse contexto, traça uma breve trajetória das ações afirmativas e da política de cotas, além de discorrer sobre o papel das políticas públicas na área educacional, com a finalidade de analisar a sua importância como instrumento de superação das desigualdades sociais. O objetivo central deste estudo é realizar uma análise sobre a importância e o papel democratizador do sistema de cotas para ingresso no ensino superior nas instituições públicas de ensino, instituído pela Lei 12.711/12. O estudo também traz algumas considerações acerca de estudos e pesquisas sobre a temática. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica.

Biografia do Autor

Márcia Maria Racoski, Instituto Federal do Rio Grande do Sul - IFRS

Mestra em Educação pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Técnica em Assuntos Educacionais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul (IFRS – Campus Erechim).

Émerson Neves da Silva, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

Doutor em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). É professor na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). É Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em História e do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Educação da UFFS.

Publicado

2020-08-05

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua