Bandeirantes: um impresso educativo, recreativo e propagandístico na História da Educação Brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4741

Resumo

O presente artigo analisa o impresso Bandeirantes, veículo difusor do movimento bandeirante no Brasil. O impresso Bandeirantes surgiu, inicialmente como jornal no ano de 1927 e posteriormente, a partir do ano de 1930 passou a ser publicado como revista. Objetiva-se discutir os significados do impresso no que se refere aos sentidos e intencionalidades do mesmo. Situa-se no campo da História da Educação Brasileira, com especial atenção ao debate sobre a importância dos impressos. O artigo procura indicar a importância do impresso Bandeirantes para a História da Educação Brasileira, tendo em vista que a presença do bandeirantismo ainda é tema pouco discutido neste campo.

Biografia do Autor

Alexandra Lima da Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Educação pela UERJ. Bacharel, licenciada e mestre em História pela UFF. Professora da Faculdade de Educaçao e do Proped UERJ.

Daiane Alves Brito

Graduada em Pedagogia UERJ

Publicado

2020-05-19

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua