Formação continuada de professores: perspectivas e contradições epistemológicas recorrentes na elaboração de documentos oficiais da educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4746

Palavras-chave:

filosofia, educação, concepções

Resumo

A formação continuada de professoras, de 4º e 5º ano do Ensino Fundamental, é a temática deste artigo que foi produzido a partir da pesquisa realizada no Mestrado em Educação, na UNIPLAC, e tem como objetivo discutir o processo da formação continuada a partir das concepções teóricas constantes nos documentos oficiais que regem a educação. Desta forma, apresenta os resultados obtidos a partir da pesquisa documental sobre os registros oficiais que orientam a educação no município de Lages/SC. Buscamos conhecer a Proposta Curricular Municipal o Plano Municipal de Educação de Lages/SC (2015), e o Projeto conhecer: a excelência do ser na busca do saber e do fazer (2012). Os resultados da pesquisa apresentam algumas contradições de base conceitual, principalmente no que concerne à defesa de uma perspectiva histórico social com base no materialismo histórico dialético, e ao mesmo tempo tem como base os 4 pilares da Educação de Jaques Delors.

Biografia do Autor

Gislaine de Matos Aparecida, UNIPLAC

Educação- Formação de Professores

Maria Grosch Selma, UNIPLAC

Educação- Formação de Professores

Jaime Dresch Farias, UNIPLAC

Educação- Formação de Professores

Publicado

2020-04-01

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua