Recursos hídricos em municípios catarinenses e o trabalho da escola

Autores

  • Sandra Luciana Dalmagro UFSC
  • Janaina Goulart de Oliveira Queiroz

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.5143

Palavras-chave:

Educação. Catequese. Pensamento freireano.

Resumo

O artigo apresenta resultados de pesquisa desenvolvida no âmbito do PET/Educação do Campo/UFSC acerca da problemática com os recursos hídricos em municípios catarinenses e o trabalho de escolas com esta temática. Os municípios investigados são Urubici, Três Barras e Passos Maia, nos quais, respectivamente, são abordados o uso de agrotóxicos, a indústria do papel e as PCHs. Foram realizadas entrevistas com estudantes, docentes e moradores, e observações nos rios, fontes de água, lavouras e indústrias em questão. As conclusões apontam problemas de poluição, contaminação e apropriação privada dos cursos de água, sua íntima articulação com os setores prioritários da economia catarinense e com a forma de produção que visa o lucro e degrada o meio ambiente. Quanto ao trabalho escolar, identificamos que o tema água é abordado em todas as escolas, porém de forma descontextualizada dos problemas concretos, restrito à esfera do consumo e da responsabilização individual.

Publicado

2020-05-19

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua