EDUCANDOS COM DEFICIÊNCIA NO PALCO: metodologia aplicada ao desenvolvimento da criatividade e da autonomia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.5473

Palavras-chave:

Teatro Musical, Educação Especial, Inclusão, Metodologia de vivência, Dança

Resumo

O objetivo do presente texto é discutir o musical como ferramenta para a potencialização das diversas habilidades de educandos com deficiência. Com esse intuito, vale destacar a metodologia criada para a realização de um musical, por se tratar de um estudo qualitativo, do tipo descritivo, mas que se constitui no estudo das diversas linguagens artísticas. Assim, a metodologia utilizada na preparação dos educandos para a apresentação foram: montagem das coreografias, preparação psicológica e pedagógica dos educandos, além de ensaios semanais. Como resultado, ressalta-se que o processo de educação e inclusão dos educandos com deficiência pode ser trabalhado de forma significativa, por meio de contribuições advindas da música e da dança, com sua expressão corporal e criativa, independente da padronização ditada pelos meios de comunicação e da indústria da cultura que uniformiza os gostos por determinados produtos, inclusive artísticos que se estabelecem na sociedade do consumo. Conclui-se assim, que as práticas inclusivas com base nas linguagens artísticas possibilitam integrar as diversas dimensões dos sujeitos partícipes desse processo educacional, considerando a perspectiva do seu desenvolvimento físico e emocional e da valorização das suas múltiplas inteligências.

Biografia do Autor

Marcus Vinicius Alves Galvão, Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia e Aparecida de Goiânia

Mestre em Ciências da Saúde. Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia e de Aparecida de Goiânia.

 

Gisele Bizera da Cunha, Secretaria Estadual de Educação/Associação Pestalozzi de Goiânia

Mestre em Ensino na Educação Básica. Secretaria Municipal de Educação (SME) de Aparecida de Goiânia e Secretaria Estadual de Educação de Goiás (Seduc).

Welma Alegna Terra, Secretaria Municipal e Estadual de Educação de Goiânia

Doutora em Educação. Secretaria Municipal de Educação de Goiânia (SME) e Secretaria Estadual de Educação de Goiás (Seduc).

Publicado

2020-12-13

Edição

Seção

Dossiê - Educação Inclusiva