“EU VEJO O FUTURO REPETIR O PASSADO”: BNCC, neoliberalismo e o retorno aos anos 1990

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.5676

Palavras-chave:

BNCC, Currículo básico., Políticas públicas em educação., Neoliberalismo

Resumo

Esse trabalho analisa a relação entre a BNCC e a retomada do modelo neoliberal para educação da década de 1990, refletindo como a base se concretiza como instrumento da atual ofensiva neoliberal na educação. Assim sendo, realizamos um estudo de natureza qualitativa, do tipo exploratório, descritivo e analítico realizado por meio da análise documental da BNCC, no que se refere aos fundamentos pedagógicos e etapa do ensino médio. Os dados da pesquisa foram processados com o auxilio do software  NVivo. Identificamos que a BNCC foi elaborada em concordância com as recomendações dos Organismos Internacionais, retomando elementos do modelo neoliberal para educação de 1990, com foco em uma educação instrumental e utilitarista que desconsidera as variáveis extraescolares e as contradições do modo de produção capitalista, visando atender aos interesses do capital.

Biografia do Autor

Kamylla Pereira Borges, Instituto Federal de Goiás (IFG - Campus Anápolis)

Doutora em Ensino na Saúde pela UnB. Mestre em Educação pela UFG. Professora do Instituto Federal de Goiás (IFG - Campus Anápolis).

Publicado

2020-12-09

Edição

Seção

Dossiê - Políticas Públicas de Ensino Médio: diferentes contextos em análise