PRÁTICAS BRINCANTES E NARRATIVAS INFANTIS NOS ESPAÇOSTEMPOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA COM A EDUCAÇÃO INFANTIL: análises a partir da sociologia da infância

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.5777

Palavras-chave:

Brincadeira, Narrativas Infantis, Educação Física, Revisão Sistemática

Resumo

Analisa práticas brincantes e narrativas infantis provenientes de estudos nos espaçostempos da Educação Física com a Educação Infantil. Para tanto, realiza uma revisão sistemática no Catálogo de Teses e Dissertação da Capes, com metassíntese qualitativa para análise dos dados, em articulação aos pressupostos teóricos da Sociologia da Infância. Os resultados encontrados foram agrupados nas seguintes categorias: singularidades da infância, reconhecimento das produções culturais infantis e diálogo entre culturas infantis e culturas escolares. Evidenciou-se que é possível identificar práticas brincantes e narrativas infantis com a utilização de métodos de pesquisas que considerem as crianças como sujeitos ativos e as suas múltiplas linguagens. Esse reconhecimento advém das relações estabelecidas com elas nos espaços formativos, na institucionalização de suas experiências nos currículos e na aproximação com suas singularidades comunicativas e de produção de conhecimentos.

Biografia do Autor

Raquel Firmino Magalhães Barbosa, Colégio Pedro II

Doutora em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Docente da disciplina de Educação Física no Colégio Pedro II. Membro do grupo de pesquisa Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres - NAIF/UFES.

Prof. Dra. Bethânia Zandominegue , Universidade Federal do Tocantins, Campus Tocantinópolis

Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professora do curso de Educação Física da Universidade Federal do Tocantins, campus Tocantinópolis (UFT). Membro do grupo de pesquisa Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres - NAIF/UFES.

Prof. Doutor André Mello, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutorado em Educação Física pela Universidade Gama Filho. Pós-Doutorado pelo Programa Associado em Educação Física da UEM/UEL. Professor do Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), nos cursos de licenciatura, bacharelado, mestrado e doutorado. Membro do grupo de pesquisa Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres - NAIF/UFES.

Publicado

2020-12-14

Edição

Seção

Dossiê - Infância e Crianças: discussões à luz da Sociologia da Infância