GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: uma análise dos planos municipais de educação 2015-2022 da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22196/rp.v26i1.7588

Palavras-chave:

Políticas Educacionais, Gestão Democrática, Planos Municipais de Educação

Resumo

O objetivo geral deste artigo consiste em analisar a meta da gestão democrática da educação nos Planos Municipais de Educação (PMEs), da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI) na interface com o Plano Nacional de Educação (PNE) Lei n.º 13.005/2014 e o Plano Estadual de Educação (PEE) de Santa Catarina (SC) Lei n.º 16.794/2015. Este artigo é resultado de pesquisa qualitativa, guiada no processo de análise científica pelo materialismo histórico, feita a partir de estudo documental e bibliográfico, realizado com base na técnica de análise de conteúdo de Bardin (2016). Os resultados apontam que o conjunto dos 14 PMEs, da AMAI, tratam da gestão democrática nas metas, contudo a maior parte dos aspectos tratados guardam similaridade ao que está previsto no PNE e em menor quantidade com o disposto no PEE de SC. Nenhum PME apresenta conteúdo mais específico na meta, a fim de apresentar mais detalhes ou acrescentar explicações acerca da gestão democrática, o que seria esperado para ampliar noções e perspectivas sobre essa temática, uma vez que, os municípios tinham autonomia – por ocasião da discussão e elaboração dos PMEs – para aprovar leis específicas disciplinando-a. Afinal, se a elaboração dos planos é um espaço de planejamento, caberia aos PMEs a definição com clareza de como iriam implantar a gestão democrática, ou seja, faltou a interlocução com a materialidade.

Biografia do Autor

Ivonete Dalmédico Vanzela, UFFS

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação, pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Chapecó. Graduada em Letras - Inglês pela UNOCHAPECÓ - Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2005), com experiência na área de Letras, ênfase em Inglês. Fez especialização em Letras/Línguas e Literatura (2006) e em Gestão Escolar (2016), pela UNOCHAPECÓ. Fez intercâmbio nos EUA, realizando curso na Rennert School, em Nova Iorque (2014). Trabalhou como professora de inglês na rede municipal, estadual, e particular com crianças, adolescentes e adultos. Atua na coordenação pedagógica das séries finais do Ensino Fundamental e do Novo Ensino Médio. Pesquisa a gestão democrática da educação.

Oto João Petry, UFFS

Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2007) e Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2000), sob a orientação da Dra. Maria Helena Menna Barreto Abrahão. Tem Pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Regional do Alto Uruguai e das Missões, Câmpus de Frederico Westphalen - RS (2014) sob a supervisão da Dra. Edite Maria Sudbrack. Especialista em Fundamentos Educacionais pelo Centro de Ensino Superior - Fundeste - Chapecó/SC. Graduado em Pedagogia e em Estudos Sociais pela Fundeste - Chapecó/SC. É sócio da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE).Integra a Rede de Estudos Teóricos e Epistemológicos em Política Educacional (ReLePe). Tem experiência no ensino, na pesquisa, extensão e na gestão da educação básica e superior. É Professor Associado D, Nível IV com atuação no Ensino de Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Fronteira Sul. Pesquisador e líder do Grupo de Pesquisa em Gestão e Inovação Educacional. Atua na área de Educação, Políticas Públicas Educacionais e Gestão e Inovação Educacional. É professor no curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado em Educação da UFFS. 

Referências

ABELARDO LUZ (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Abelardo Luz: Prefeitura Municipal, 2015.

ALVES, Edson Ferreira. Estado e planejamento educacional no contexto do federalismo: o processo de elaboração dos planos municipais de educação em Goiás. 2020. 279 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.

AMARAL, Nelson Cardoso. Com a PEC 241/55 (EC 95) haverá prioridade para cumprir as metas do PNE (2014-2024). Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 22, n. 71, p. 1-25, maio/jun. 2017. DÓI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782017227145 Disponível em: scielo.br/j/rbedu/a/vwyZL8rxmfNwTB7pf9s9L8z/?format=pdf

Acesso em: 28 ago. 2021.

AQUINO, Líbia Maria Serpa. Formulação do plano nacional de educação 2014-2024: a gestão democrática da escola na política pública. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: 70, 2016.

BOM JESUS (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Bom Jesus: Prefeitura Municipal, 2015.

BRASIL. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Brasília: Palácio do Planalto, 1934. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao34.html. Acesso em: 7 mar. 2021.

BRASIL. Lei n.º 10.172, 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 10 jan. 2001. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2001/lei-10172-9-janeiro-2001-359024-publicacaooriginal-1-pl.html Acesso em: 23 jul. 2021.

BRASIL. Plano Nacional de Educação 2014-2024. Lei n.º 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, 2014b. 86 p. (Série legislação; n. 125). Disponível em: http://www.proec.ufpr.br/download/extensao/2016/creditacao/PNE%202014-2024.pdf. Acesso em: 22 jul. 2021.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Brasília: MEC, 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm Acesso em: 12 de dez. de 2020.

BRASIL. Emenda Constitucional n.º 59. Brasília: Palácio do Planalto, 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc59.htm#:~:text=EMEND A%20CONSTITUCIONAL%20N%C2%BA%2059%2C%20DE%2011%20DE%20NOVEM BRO%20DE%202009&text=208%2C%20de%20forma%20a%20prever,e%20ao%20caput% 20do%20art. Acesso em: 20 mar. 2022.

CAMPOS, Marcia Farinella Soares de. O plano municipal de educação na região da associação dos municípios do Alto Uruguai Catarinense – AMAUC: embates e contradições. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2020.

CURY, Carlos Roberto Jamil. A gestão democrática na escola e o direito à educação. RBPAE, Goiânia, v. 23, n. 3, p. 483-495, set./dez. 2007a. DÓI: https://doi.org/10.21573/vol23n32007.19144 Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/19144 Acesso em 22 jul. 2021.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Estado e políticas de financiamento em educação. Educ. Soc., Campinas, v. 28, n. 100, out. 2007b. Disponível em: SciELO - Brasil - Estado e políticas de financiamento em educação Estado e políticas de financiamento em educação DÓI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302007000300010 Acesso em: 9 mar. 2021b.

ENTRE RIOS (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Entre Rios: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em:

https://entrerios.sc.gov.br/uploads/sites/415/2021/12/629552_Lei_6242015___De_15062015___Institui_Plano_Municipal_de_Educacao_20152025___ANEXOS.pdf Acesso em: 19 out. 2020.

FAXINAL DOS GUEDES (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Faxinal dos Guedes: Prefeitura Municipal, 2015.

IPUAÇU (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Ipuaçu: Prefeitura Municipal, 2015.

LAJEADO GRANDE (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Lajeado Grande: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: 520686_SECRETARIA_MUNICIPAL_DE_EDUCACAO.pdf (lajeadogrande.sc.gov.br) Acesso em: 19 out. 2020.

MAREMA (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Marema: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: Plano Municipal de Educação de Marema - SC (leismunicipais.com.br) Acesso em: 19 out. 2020.

MARQUES, Valesca Menezes Marques; DIAS, Leila Christina. Associações de municípios em Santa Catarina: da gênese à consolidação. Geosul, Florianópolis, v. 18, n. 36, p. 29-53, jul./dez. 2003. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/geosul/article/view/13576 Acesso em: 10 out. 2022.

MENDONÇA, Erasto Fortes. A regra e o jogo: democracia e patrimonialismo na educação brasileira. Campinas: Unicamp, 2000.

MORAES, Roque. Análise de conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7- 32, 1999. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4125089/mod_resource/content/1/Roque-Moraes_Analise%20de%20conteudo-1999.pdf Acesso em: 22 mai. 2022.

OURO VERDE (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Ouro Verde: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: Plano Municipal de Educação de Ouro - SC (leismunicipais.com.br) Acesso em: 19 out. 2020.

PALÚ, Janete; PETRY, Oto João. Trajetória histórica da gestão das escolas públicas estaduais de Santa Catarina: pontos e contrapontos. Roteiro, Joaçaba, v. 45, p. 1-26, jan./dez. 2020. DÓI: https://doi.org/10.18593/r.v45i0.21265 Disponível em: Vista do Trajetória histórica da gestão das escolas públicas estaduais de Santa Catarina: pontos e contrapontos (unoesc.edu.br) Acesso em: 9 mar. 2020.

PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática da educação pública. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2016.

PASSOS MAIA (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Passos Maia: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: Lei Complementar 49 2015 de Passos Maia SC (leismunicipais.com.br) Acesso em: 19 out. 2020.

PONTE SERRADA (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Ponte Serrada: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: https://ponteserrada.sc.gov.br/galeria/pagina-10272/ Acesso em: 19 out. 2020.

POLI, Luzenir; LAGARES, Rosilene. Dilemas da gestão democrática da educação frente ao contexto da Nova Gestão Pública. RBPAE, Goiânia, v. 33, p. 835-849, set./dez. 2017. DÓI: https://doi.org/10.21573/vol33n32017.76080 Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/76080/46226. Acesso em: 1 nov. 2020.

SALERNO, Soraia Chafic El Kfouri. Administração escolar e educacional: planejamento, políticas e gestão. São Paulo: Alínea, 2007.

SANTA CATARINA. Plano Estadual de Educação. Lei n. 16794 de 14 de dezembro de 2015. Florianópolis: Assembleia Legislativa, 2015. Disponível em: SED - Secretaria de Estado da Educação - Plano Estadual de Educação - SC Acesso em: 22 jul. 2021.

SÃO DOMINGOS (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. São Domingos: Prefeitura Municipal, 2015.

SAVIANI, Demerval. Escola e democracia. 44. ed. São Paulo: Autores Associados, 2021.

SILVA, Nilson Francisco da. O Plano Municipal de Educação de Dourados, MS: 2015- 2025: desafios e perspectivas à implementação da gestão democrática da educação. 2019. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2019.

SOUZA, Ângelo Ricardo de. Explorando e construindo um conceito de gestão escolar democrática. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 25, n. 03, 2009. DÓI: https://doi.org/10.1590/S0102-46982009000300007 Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/fF53XWVkxxbhpGkqvcfkvkH/?format=pdf&lang=pt Acesso em 22 jul. 2021.

SOUZA, Ângelo Ricardo de; PIRES, Pierre André Garcia. As leis de gestão democrática da Educação nos estados brasileiros. Educar em Revista, Curitiba, v. 34, n. 68, 2018. DÓI: https://doi.org/10.1590/0104-4060.57216 Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/qLkpKmKtMCsK89ZY9yMN87H/?format=pdf&lang=pt em 22 jul. 2021.

SOUZA, Raimundo; MAIA, Anderson Madson Oliveira; QUEIROZ, Luiz Miguel Galvão; QUEIROZ, Rafael da Silva. A democratização da gestão escolar em debate: por uma outra lógica de construção social. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 24, p. 1-21, 2022. DÓI:

https://doi.org/10.22196/rp.v24i1.7195 Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/7195 Acesso em: 22 jan. 2023.

VARGEÃO (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Vargeão: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: 1856161_PME_Vargeao_Adequado_2015_2025.pdf Acesso em: 19 out. 2020.

XANXERÊ (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Xanxerê: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: Plano Municipal de Educação de Xanxerê - SC (leismunicipais.com.br) Acesso em: 19 out. 2020.

XAXIM (SC). Plano Municipal de Educação 2015-2025. Xaxim: Prefeitura Municipal, 2015. Disponível em: https://xaxim.sc.gov.br/uploads/sites/90/2022/07/2454892_4087_Dispoe_sobre_o_Plano_Municipal_de_Educacao___PME.pdf Acesso em: 19 out. 2020.

Downloads

Publicado

2024-03-27

Como Citar

DALMÉDICO VANZELA, I.; PETRY, O. J. GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: uma análise dos planos municipais de educação 2015-2022 da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI). Revista Pedagógica, [S. l.], v. 26, n. 1, 2024. DOI: 10.22196/rp.v26i1.7588. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/7588. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua